Aprovado em 1º em Medicina na USP estudou usando post-it na parede 5
Notícias

Aprovado em 1º em Medicina na USP estudou usando post-it na parede

Nunca subestime o poder de um post-it. Foi graças a esta invenção simples e poderosa que Gabriel Mattucci conseguiu ser aprovado em primeiro lugar em Medicina, o curso mais concorrido, com apenas 17 anos.

O jovem, de Sorocaba – interior de São Paulo, decidiu estudar pro conta própria, sem frequentar cursinhos pré-vestibular e criando seu próprio método de estudo, sem cadernos ou apostilas, porém com uma infinidade de post-its.

Aprovado em 1º em Medicina na USP estudou usando post-it na parede 6

Os professores eram contra seu método, mas em entrevista ao site G1, ele explica “Não usei caderno, porque sabia que não voltaria a ler aquelas anotações. Preferia resumir o que tinha de principal nesses papeizinhos. A cada bimestre, eu descolava da parede e colava outros. O principal não era ficar escrevendo muito sobre a teoria, e sim fazer exercícios”.

Aprovado em 1º em Medicina na USP estudou usando post-it na parede 7

Entretanto, o mais novo universitário lista outras dicas que o ajudaram a conquistar a tão concorrida vaga: fazer questões de vestibulares antigos, ter começado a estudar desde o primeiro ano do Ensino Médio, aliar estudo com prazer e, ter se aproximado dos professores, que sempre tinham dicas valiosas para ele. Graças a tudo isso, ele conseguiu não somente ser aprovado em Medicina na USP, como garantir o 1º lugar no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) da USP de Bauru.

via hypeness

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Aprovado em 1º em Medicina na USP estudou usando post-it na parede 8


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.