Battle Royale, o livro que inspirou Jogos Vorazes 3
Notícias

Battle Royale, o livro que inspirou Jogos Vorazes

A Editora Globo Livros divulgou que vai publicar Battle Royale, livro do japonês Koushun Takami, que foi lançado em 1997 e que tem uma grande ligação com Jogos Vorazes, sucesso mundial da autora Suzanne Collins. Ainda não temos uma previsão exata de lançamento, mas sabemos que o livro vai ter MAIS DE 600 PÁGINAS! Quer saber mais? 

1800417_699785876733174_1933711558_n

Battle Royale é um thriller de alta octanagem sobre violência juvenil em um mundo distópico, além de ser um dos best-sellers japoneses e mais polêmico entre os romancesEm 1997, o jornalista e escritor japonês Koushun Takami sofreu uma grande decepção: o manuscrito de seu romance de estreia havia sido recusado em um concurso de histórias de terror.

Não era para menos. Embora habituado a tramas assustadoras, o júri se alarmou com a história do jogo macabro entre adolescentes de uma mesma turma escolar que, confinados numa ilha, têm de matar uns aos outros até que reste apenas um sobrevivente. 

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Battle Royale, o livro que inspirou Jogos Vorazes 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

1 Comment

  1. a julgar pela sinopse, se a Suzanne leu esse livro, realmente ela acabou plagiando na maior cara de pau. o que é bem normal de acontecer do Ocidente copiar coisas do Oriente que não ficaram famosas aqui.

Leave a reply