A Criada | Filme coreano +18???

Annyeong 안녕, ferinhas!

Conhece cinema coreano? Não? Então você está perdendo muito filme bom. Hoje vamos falar de A Criada.



A Criada é um filme do começo de 2017. A história se passa na década de 30, durante a ocupação japonesa na Coréia. Kouzuki é um homem rico e misterioso que está criando sua sobrinha Hideko pra se casar com ela. Na verdade, toda a riqueza de Kouzuki pertence a Hideko, e ele deve passar de seu tutor a seu marido se quiser continuar rico. Conheça o Coreanismo no Youtube.

O conde japonês Fujiwara, que não é conde, não é japonês e não se chama Fujiwara, conhece Hideko e sua fortuna, e decide conquistá-la e roubá-la de Kouzuki. E como eu disse, ele não é nenhum Conde Fujiwara. Ele é um trambiqueiro coreano e está interessado apenas na fortuna.

Para se aproximar de Hideko, Fujiwara conta com a parceria de Sookie, uma coreana órfã e trambiqueira que sonha em arrumar um pouco de dinheiro e fugir da vida na Coréia. Acesse o blog do Coreanismo. Coreanismo ponto blogspot ponto com.

Sookie entra na mansão como Tamako, a nova empregada da casa, cuidadora pessoal de Hideko.

Ao mesmo tempo que Tamako vai trabalhando a cabeça Hideko para que esta se deixe encantar pelo Conde Fujiwara, as duas acabam se envolvendo, Tamako e sua personalidade protetora, Hideko e sua ingenuidade nos relacionamentos.

Quando chega o momento de Hideko se casar com Fujiwara, e Tamako sair de cena, o relacionamento delas começa a gerar todos os desdobramentos do filme.

Cinema Coreano | A Criada
Cinema Coreano | A Criada

E são muitos, não se engane. As cenas de intimidade entre Hideko e Tamako existem com o objetivo de nos tirar do foco. Cada detalhe do filme é importante para não ser passado para trás pelo roteiro.

Quando você acredita que entendeu o que está acontecendo, fique de olho, pois a história pode mudar completamente.

Logo no começo, preste atenção às personagens e às suas motivações. Saber todos estes detalhes no começo do filme é essencial para aproveitar A Criada muito bem.

아가씨 (Agassi), nome original, significa “senhorita” e refere-se a Hideko. The Handmaiden, nome internacional, refere-se a Tamako.

Os 2 títulos mostram as duas personagens principais que levam a história equilibradamente e seus pontos de vista aos quais somos apresentados.

Najunge bwayo 나중에 봐요!

 

Leia meus outros artigos sobre cultura pop coreana.

 




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Fox confirma nova temporada de Prison Break para 2016