Especial: 10 Coisas que talvez todo aspirante a escritor deveria saber.

Publicado originalmente no Listas Literárias
 
1 – Você não é melhor que Stephenie Meyer, ou qualquer outro autor famoso contestado. E por mais doido que isto pareça muitos aspirantes se baseiam em autores cuja crítica ás vezes incomoda como única justificativa para se lançarem na carreira. A filosofia “se até ela conseguiu, eu também consigo” não é a melhor forma de pensar de quem ainda é um aspirante. Todo mundo que alcança o sucesso, é porque teve alguma qualidade. O que não quer dizer também que você nunca chegará lá. Mas no princípio jamais seremos melhor daqueles que estão nas bancas;



2 – Não basta escrever. Mesmo que você tenha ótimos textos, uma narrativa original, e até mesmo um bom número de leitores, isto não é suficiente. O aspirante a escritor tem de compreender o mercado editorial, saber cada passo que torna um texto um livro, pois só assim compreenderá que quem realmente quer ingressar nessa carreira, deve ter paciência, e não se martirizar em busca de resultados imediatos, pois para ser um escritor, o tempo é o melhor amigo;

3 – Leia. Este provavelmente é um conselho unânime dado por escritores que já chegaram lá. Talvez martelem isto por que existem aspirantes que acreditam poder escrever sem ler. Mas isto é impossível, portanto se queres te tornar um escritor, seja antes um grande leitor;

4 – Conheça as receitas, mas prefira a sua. Na internet aspirantes a escritor podem encontrar uma infinidade de dicas para quem quer ser um escritor – inclusive esta -. Leia cada uma delas , e busque extrair a essência de cada uma delas, mas saiba que para cada autor, as coisas acontecem de determinada fórmula, e com você não será diferente. É muito mais provável você chegar ao sucesso com sua própria receita, do que seguir os passos que já foram trilhados;

5 – Escreva muito. Não basta escrever um romance. Todo escritor necessitará do hábito. A ciência inclusive cogita que o sucesso pode estar ligado á quantidade de exercícios e horas dedicada a sua atividade. Portanto o escritor que elabora textos com certa freqüência, terá provavelmente como resultado o aperfeiçoamento de sua escrita. Então jamais deixe de escrever. Faça um blog, envie um artigo pra jornal… Escreva sempre.

6 – A gaveta é sua inimiga. Convenhamos, a timidez ou o medo não são os melhores amigos dos escritores. Você pode ter escrito um grande romance, mas se ninguém lê-lo, ele jamais será reconhecido. E por mais que a gaveta se insinue como uma grande confidente não é o melhor lugar para guardar seus textos.

7 – Não tenha medo. Aspirantes a escritores não podem ter medo. Sei que ás vezes novos escritores podem ser atingidos por diferentes temores, mas só galgam a vitória e o sucesso os destemidos, e isto amigos, ocorre desde que o mundo é mundo. Não tenha medo de mostrar seu original, não tenha medo de investir em seu trabalho, não tenha medo do que os outros vão achar… Trace suas metas, encontre a sua receita, e vá em frente.

8 – Não tenha medo do não! Eles virão de todas as formas. Principalmente de grandes casas editoriais. E entenda que eles não têm culpa, nós é que estamos prolíferos, e hoje há muita gente desejando ser o próximo Best-seller. E “não” será uma palavra habitual a ouvirmos, e é necessário lidarmos com esta palavra, afinal o mesmo ocorre com atores, modelos, cantores… Em qualquer profissão você poderá ser dispensado. No mundo dos livros não será diferente. E só chegarão ao cume os que não esmorecerem com os nãos que surgirão!

9 – Só roubarão sua idéia se você deixar. Sim esta é uma grande preocupação de novos autores. Muitos temem que sua idéia seja roubada. Confesso que acho muito difícil, mas cuidado e canja de galinha não faz mal a ninguém. Para isso tem a Biblioteca Nacional, ou ainda sites em que te permitem publicar sua obra completa como o Bookess. Eu inclusive prefiro este último, já que além de certa forma tornar público que aquela obra é de minha autoria, também posso obter a reação inicial dos leitores;

10 – Aproveite cada “Sim!”. Se houver persistência eles chegarão. Aí você terá a tarefa de triar se o este “Sim!’ está de acordo com sua própria receita de sucesso. E se estiver, siga em frente, pois amigos será o seu empenho, a sua dedicação, a sua vontade de conseguir que dirá se terá ou não sucesso.

 




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «
Content Director
  1. Acho que todo leitor tem vontade de se tornar um autor, né? Estar do outro lado e contar histórias também. Eu, pelo menos, morro de vontade de um dia poder escrever algo digno de ser publicado. Acho que o meu maior problema é a gaveta. Com o passar do tempo leio meus textos e vejo como eram imaturos… Pelo menos acho que isso é um bom sinal, que estou evoluindo.
    My recent post Destino

  2. sempre achei legal a ideia de ser escritora e vivo catando essas dicas por aí! acho q como vc diz no primeiro topico, humildade é importante. assim como ter conciencia de que o mercado editorial é um 'negocio' como qualquer outro e que só oq vende sera publicado!

  3. Muito legal as dicas. Infelizmente, o meu problema mesmo é criatividade sabe? Nunca tive nenhuma "grande ideia" ou escrevi algo que pensei que poderia render uma boa história e admiro aqueles que escrevem e, principalmente, conseguem atingir o sucesso e se sustentar dessa forma.

  4. Gostei bastante do texto, sou aspirante a escritor e tenho vários projetos de 'gaveta mental', o mais difícil é passar eles pro papel/word (;
    Sou o cara que comentou no post do Yuri e como você pediu comentário, vou comentar sobre o site além do texto…

    Só estou criticando visando que isso seja avaliado, os posts todos que eu li são de públicação sua e não dá pra dizer que há falta de dedicação, mas ninguém faz perfeito né? Só uns toques.
    Gostei do conteúdo do site e pretendo consultá-lo com frequência se minha memória permitir.
    Particularmente, não gostei muito do layout do site, entendo a motivação em deixar várias matérias e etc, acho isso válido, mas enfim, também acho o template básico e clean a um ponto que pode parecer descaso.

    Outra sugestão minha é se possível usar tags nos posts e ter um link para eles na side do site, por exemplo, esse post é da categoria "especial" e "notícias" mas não tem onde nós buscarmos por isso fora a 'procura', como tem no menu para as resenhas, mas com um leque maior. Nas resenhas também, ajudaria colocar os segmentos, como livros únicos,. sobrenatural e etc… Enfim, só sugestões de um virginiano detalhista. Gostei do site no geral, como já disse.

    1. Oi Dimitri,
      Bem vindo ao Burn Book, obrigado pelas dicas.
      Sobre o layout, visei agregar o conteudo ao visual clean, a maioria dos leitores aprovaram, então optei por manter ele mesmo. Em breve ele vai passar por mudanças, não sei quais ao certo, mas vou reformular o site.

      No começo dos posts, logo depois do titulo tem "Posted by Guilherme Cepeda in Especial, Notícias" e se você clicar nas tags vai pra uma outra página onde todos os posts do mesmo assunto são listados da mesma forma que aparecem os posts normais na homepage, por isso que não coloquei uma parte na sidebar, mas obrigado pela dica.

      Nas resenhas você diz criar uma tag com cada tipo de livro? Já pensei nisso, vou começar a testar a partir da próxima resenha e ver se traz bons resultados, é apenas uma mudança pequena, mas pode ser significativa, vamos ver o retorno dos leitores.

      Obrigado pelo comentário, Abraços

      Att. Guilherme

  5. Gui, trazer usuário dá pontos para as promoções? KKKKK #N

    Dimi, legal que tu veio e expressou sua opinião. Eu particularmente gosto bastante do site mas, refletindo sobre o que você disse, concordo com alguns pontos (como a inclusão das tags) e acho que toda crítica construtiva sempre é bem vinda.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Confira o trailer da adaptação de “Quarto”, da autora Emma Donoghue