Especial: Novos livros para novos tempos 4
Notícias

Especial: Novos livros para novos tempos

Publicado no blog da Companhia das Letras

Diving into Digital Books 4

Tempo é artigo cada vez mais raro. Lembra a última vez que você não reclamou de estar em descompasso com os ponteiros do relógio, com a folhinha do calendário? Pois é. Difícil. E isso afeta tudo em nossa vida: lazer, trabalho e aquele oásis (cada vez mais com cara de miragem) chamado “tempo livre”.

Não só na sua vida isso acontece. Todos nós estamos sem tempo, os fatos e eventos da vida parecem acontecer cada vez mais rápido. Olhe para fora, para a rua, nos últimos dias. Tudo parece acelerado. E basta um breve cochilo e pronto, você deixou algo passar. “Perdi o bonde e a esperança,” escreveu Drummond, acertando no alvo como sempre.

Há várias formas de responder a essa cobrança sem fim. Uma delas é quebrar um pouco a cabeça e pensar em alternativas. Aqui no editorial bolamos um novo selo, batizando-o deBreve Companhia. Tirando proveito de uma dessas invenções dos nossos frenéticos tempos, o livro eletrônico — a que todos aqui já nos rendemos, até por dever de ofício —, a ideia é oferecer edições que só o formato digital permite e viabiliza: ebooks mais enxutos, ensaios decisivos para leitores interessados e estudantes universitários, boa e curta ficção — como novelas e coletânas de contos —, poesia, além de textos de reflexão e reportagens ampliadas sobre grandes temas. Porque é preciso estar bem equipado para compreender o rumo dos acontecimentos, e se for possível fazer isso em pouco tempo, tanto melhor! História social, estudos literários, jornalismo aprofundado, comentário político: tudo isso nos ajuda a captar e a entender melhor os múltiplos sinais do mundo.

A onda de manifestações no Brasil vai render, nas próximas semanas, os dois primeiros ebooks da Breve Companhia. O destemido e informadíssimo Piero Locatelli, o jovem repórter que chegou a ser detido pela polícia paulista enquanto cobria uma das gigantescas manifestações populares (portando, que crime, um frasco de vinagre!), está preparando um volume sobre a origem desses movimentos, as grandes histórias das manifestações das últimas semanas, além de tentar entender o que está em jogo.

Um dos principais observadores da política brasileira, o professor da Unicamp Marcos Nobre será o autor da outra obra sobre o tema, que deve ser lançada até o fim deste mês. Em veia mais ensaística, Nobre atribui a revolta popular a um impasse em curso desde a redemocratização. Os protestos seriam uma resposta difusa à cultura política do “pemedebismo”, por ele definido como uma blindagem do sistema político que represa o avanço de forças de transformação.

Um momento difícil de explicar não poderia ser estímulo maior para a nova empreitada. Aguardem novidades!

— Os editores + Departamento digital | Fonte

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Novos livros para novos tempos 5


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply