Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 12
Notícias

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro.

Publicado originalmente no R7

Se você é fashionista e fã de literatura, com certeza vai amar! Ou se você nunca tocou em um livro (risos), mas ama moda, é possível que se apaixone também, pois não há como não se render a essas coisinhas fofas… Estamos falando da nova sensação no quesito acessórios-fashion: as bolsinhas-livro ou, simplesmente, clutches-livro

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 13

É provável que a tendência tenha começado com a designer francesa Olympia Le-Tan e suas adoráveis criações feitas à mão. O mundo fashion passou a cultuá-las desde que a atriz Natalie Portman apareceu usando sua Lolita by Olympia Le-Tan na prémière do filme Cisne Negro, no final de 2010. Desde então, a tendência foi crescendo, e outras marcas passaram a fazer novas versões da charmosa clutch, como Chanel, Kate Spade, ASOS e, mais recentemente, a brasileira New Order…

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 14
 

No passado, apenas os privilegiados tinha acesso aos livros. Hoje, ainda bem, a Literatura é para todos! Basta saber ler e, claro, ter vontade de ler. Mesmo que não se tenha dinheiro para comprar os últimos lançamentos, é possível conseguir livros mais baratos em sebos, pegá-los emprestados em bibliotecas ou, até mesmo, lê-los de graça pela internet. No entanto, são poucas as que têm acesso aos meigos livrinhos de Olympia Le-Tan (snif). Podemos dizer que a designer faz uma espécie de Alta-Costura da Literatura. rsrs É que suas clutches costumam custar, em média, 1.400 dólares. Além disso, os acessórios não são produzidos em série. Cada modelo de clutch ganha, apenas, 16 reproduções, pois são todas feitas à mão (dêem só uma olhada nos lindos bordados), e, portanto, demandam muito tempo e trabalho. As bolsinhas costumam reproduzir capas originais de grandes clássicos da literatura, como, Lolita, Dracula, O Grande Gatsby, A Divina Comédia, O Apanhador no Campo de Centeio, e por aí vai…

A marca Kate Spade anda flertando com a tendência. Confiram os modelos, que custam, em média, 300 dólares…

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 15

Para as que estiverem procurando algo mais em conta, não desanimem! A ASOS, por exemplo, na última coleção, lançou um modelo mais barato, que custava, em média, 45 dólares. Uma pena que já esteja fora de estoque. Mas, agora que a tendência caiu nas graças da meninada, é possível que outras marcas passem a fazer a bolsinhas-livro a preços mais acessíveis. Por aqui, a New Order, também está lançando a sua, que é uma graça!…

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 16

Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 17

E se você for daquelas que tem criatividade e habilidade, pode tentar fazer a sua própria bolsinha. Na internet, não faltam tutoriais. Só tome cuidado para não assassinar um livro. Rs! Nada de cortar as páginas para fazer a sua bolsinha, como fez esta blogueira aqui, pois essa atitude não é nada fashion, tsá?! Você pode, simplesmente, destacar as folhas dessa forma. Pelo menos ainda poderão ser lidas no futuro… Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 18

OBS: As bolsas-livro não são totalmente uma ideia original. Nos anos 70 houve as bolsas-revista. Que eram carteiras duras de acrílico, como na época eram chamadas as clutches, que simulavam revistas dobradas, também bastante originais… 😉

 

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Tendencia da vez: Clutch-livro. 19


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

7 Comments

  1. Nunca tinha visto isso, achei um charme, também quero uma!!!

  2. Não sou muito de moda (rs), e eu nunca gostei de bolsa, mas essas ganharam o meu coração de bookaholic. ♥
    Mas, mesmo que seja para manter as páginas eu não tenho coragem de fazer. D: Amo meu livros way too much. rs
    Beijos
    Cah.
    My recent post Review – Jogos Vorazes (O FILME)

  3. Não sou muito ligada em moda, mas eu amei essa bolsa.
    Nho, fiquei com vontade de ter uma Emma *___*
    bjos
    My recent post [Resenha] Assassin's Creed – Renascença (Oliver Bowden)

  4. Amei! Cada um mais lindo que o outro, pena que sejam tão caros :/ Quero um! <3

  5. Sofriiii!!! Quero uma! Já!

  6. Queroooooooooooooooooooooooooo!!!!
    #Comofaz pra ter uma dessa???
    Adorei as bolsas e o post!!

    Bjkas

Leave a reply