Fanfic | SPOILER ALERT | Quando a Chuva Encontra o Mar – Laura Machado

Quando a Chuva Encontra o Mar [Completo]
Aviso: Contém Spoiler! 

 

Sinopse: Vinte anos após a seleção de Maxon, o romântico Charles é o novo herdeiro do trono de Illéa, e está pronto para a sua seleção. Já  seu irmão Sebastian é sedutor e misterioso e não acredita no amor. Porém tudo pode mudar quando as selecionadas vão para o castelo e abalam suas vidas para sempre. Quem será a escolhida de Charles? Quem poderá conquistar Sebastian?


Do encontro da chuva com o mar, nascem as piores tempestades. E das piores tempestades os mais fortes amores.

User Wattpad: @Lauraamachado.

Se tem uma coisa que eu digo sempre é que: a Laura Machado é uma das melhores escritoras desse mundo todo. Eu sei que não é muito difícil me agradar, porém, me impressionar pode levar um pouco de tempo, principalmente quando se trata de livros, e a Laura conseguiu esse feito.
Conheci as histórias da Laura através do Instagram, e foi graças a ela que eu conheci o Wattpad, por isso, nada mais justo, de que a primeira resenha que eu faça pro Geração Wattpad, seja uma resenha de uma história dela.
Neste caso, mas especificamente uma fanfic, que me deixou, e deixa extasiada até hoje. Fico nessa sensação louca toda vez que releio alguma coisa sobre, preciso dizer, que quando li pela primeira vez, eu simplesmente entrei em combustão, sim, isso mesmo que você leu, eu simplesmente não conseguia parar de ler, se fosse possível entrar em um livro e viver nele, eu com certeza teria entrado nessa historia e não sairia nunca mais!
Bem, agora que vocês já puderam entender o amor que eu tenho por essa fanfic, vocês devem estar curiosos para saber qual é ela, certo? A fanfic nada mais é do que, Quando a Chuva Encontra o Mar, ou para os íntimos – eu espero muito que você se torne um(uma) – QACEOM.

Eu criei uma expectativa alta pra essa fanfic, isto porque, apesar da Kiera Cass não ser uma das minhas escritoras favoritas, devo admitir que A Seleção sempre me cativou por todo o tema da história, apesar de ser muito difícil encontrar alguém que não goste da realeza/monarquia, e que não ache lindo os vestidos e trajes de gala que as princesas e rainhas usam, eu sempre amei, e fico feliz, pelo fator de que mesmo que eu tenha ficado mais velha, ainda continue amando e se sentindo encantada por isso. Certas coisas nunca morrem, elas florescem, é o que gosto de pensar, e se você gosta desse tema, tenho certeza que você você vai amar QACEOM.

Espera! Você não sabe do que se trata A Seleção? Então aqui está um resumo.

Resultado de imagem para a seleção

Sinopse Original:

Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de suas vidas. A oportunidade de escapar da vida estabelecida para elas desde o nascimento. Entrar em um mundo de vestido brilhantes e joias de valor inestimável. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon. Mas para America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Isso significa virar as costas para seu amor secreto com Aspen, que é de uma casta menor que a dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição acirrada por uma coroa que ela não quer. Viver em um palácio constantemente ameaçado por rebeldes violentos. Então, America conhece Príncipe Maxon. Gradualmente, ela começa a questionar todos os planos que fez para si mesma- e percebe que a vida que ela sempre sonhou não é nada comparada com o futuro que ela nunca imaginou.

Agora que estão todos familiarizados com A Seleção, podemos continuar.

No primeiro parágrafo, eu fiquei pensando: Meu Deus, é o filho do Maxon, como isso pode ser? Como ele trata os outros? O que ele tem em comum com o pai? O que ele tem de diferente? E eu fiquei nas nuvens com a resposta.
Ele é na essência muito parecido com o pai, mas é ele, e ele, já basta. Ele é sensato, altruísta, carismático, e claro, lindo.
A nossa nova “América”, Gabrielle, é mil vezes melhor que a América, ela é autêntica e engraçada em um nível extremo, ela tem opiniões fortes, assim como a América, mas por ter tido uma vida totalmente diferente, as opiniões dela são bem opostas, quando pra América um vestido era luxo demais e ela temia usar, pra Gabriele ela quer usar todos, porque deixar de usar um, pode significar a tristeza dos que não vão ser usados. Eu disse que ela é engraçada, você que não acreditou.

Apesar das histórias serem completamente diferentes, uma coisa que eu achei incrível, é que a Gabrielle tem sua entrada triunfal na história, de um modo parecido com o da America. Maxon fica instigado com a América, tanto quanto Charles fica instigado por Gabrielle.
Elas têm um jogo de cintura magnífico quando se trata dos dois, assim como América consegue fazer com que o Maxon se encante por aquelas frases ríspidas, que significam, não quero você de jeito nenhum, a Gabrielle faz com que Charles, se encante por ela, por causa de um erro que ela não deveria ter cometido, pois é, se tem uma coisa que essa duas histórias me ensinam, é que quando se trata de amor, as vezes a primeira jogada tem que ser matar ou morrer.
Mas calma Dani, você disse que essa história é uma fanfic de A Seleção, certo? Então, onde ficam as outras selecionadas? Leitor, acabamos de chegar na melhor parte. Sim, as outras selecionadas são maravilhosas e geniais, tanto quanto Marlee e Celeste, porém, aliás, na minha humilde opinião, América e Gabrielle, não superam Nina Marshall.


Essa é a nossa querida coadjuvante, que encanta o lindo, maravilhoso, incrível, Sebastian. O príncipe, irmão do Charles.
Em tese vemos uma menina batalhadora, dedicada, esforçada, e muito legal, isto mesmo, a América é chata, e se você leu A Seleção tem que concordar, que teve certas horas que você quis bater na cara dela, mas a Nina não, a Nina tem uma vida mais humilde do que as outras, mas não é necessarimente pobre, é otima em tudo o que faz, e claro, ela é a minha personagem favorita. E ainda bem, que ela não conquistou o coração do nosso amado Charles, porque para a alegria da Dani, o OTP Nina e Sebastian nasceu.
Desde a primeira interação do príncipe bad boy com a delicada Nina, eu simplesmente sabia que não importava o quanto Charles e Gabrielle combinassem, eu iria amar Nina e Sebastian até o fim, e por falar nisso, que fim meus amigos.

 

Chorei um rio de lágrimas, deixo parar de contar isso por aqui, antes que eu comece a chorar de novo.
Entre reviravoltas, tensão, rebeldes, lições de vida, eu fui laçada nesse mundo de Quando a Chuva Encontra o Mar, e tenho certeza que você vai ficar também.


Eu poderia falar muito mais, poderia falar das festas – a primeira é inesquecível – eu poderia falar das cenas de beijo, dos momentos família, e de tantas outras coisas, mas sinto que quanto mais falar, mais Spoiler eu vou dar, e acho que já deu de Spoiler por hoje.
Por fim, eu só tenho uma coisa a dizer, leiam que vocês não vão se arrepender, a história pode ser longa, mas todo final de capítulo você vai querer mais e mais, e vai valer a pena do início ao fim.

Espero que tenham gostado dessa resenha, e em breve, voltarei com mais resenhas de Fanfics.

Beijos e Abraços
Daniella Rodrigues – Editora e Co-Fundadora do Geração Wattpad.

Obs: Quer ver uma resenha da sua Fanfic por aqui? Mande um e-mail, com sinopse, nome da história para o E-Mail: [email protected]

Leia Mais
CCXP 2016 | Confira a programação completa dos painéis da Comic Con Experience