Funcionária da Record é atacada com ofensas racistas nas redes sociais 3
Notícias

Funcionária da Record é atacada com ofensas racistas nas redes sociais

Ana Rosa, uma das colaboradoras da Record, negra, 23 anos, foi vítima de comentários racistas, ontem, ao publicar um vídeo sobre um dos livros da editora, no Instagram da empresa.

Foi chamada de “macaca, neguinha feia” e por aí vai. A moça chorou muito. Mas não abaixou a cabeça, fez a denúncia em redes sociais e vai à delegacia:

– Doeu e ainda dói, mas não foi a primeira vez e nem será a última que serei marcada pelo racismo. Mas isso não quer dizer que deixarei passar batido. Seguimos forte e seguimos lutando. E se algo do tipo acontecer com você, não se cale! Você tem voz e ela merece ser ouvida! – desabafou.

A Record enviou uma nota de repúdio ao racismo. Como se sabe, preconceito é crime! Confira a nota abaixo:

Uma das colaboradoras do Grupo Editorial Record foi vítima de comentários racistas, ao publicar um vídeo sobre um de nossos livros no Instagram da empresa. O Grupo Editorial Record repudia toda e qualquer agressão racista, homofóbica ou machista e considera inaceitável que isso tenha ocorrido em nosso espaço virtual. Toda vez que isso acontecer vamos buscar identificar os autores e tomar as ações legais cabíveis e incentivamos os nossos leitores a fazerem o mesmo, caso passem por uma situação semelhante. O Grupo Editorial Record é uma editora plural, que preza pela diversidade e pela inclusão de todas as minorias. Ataques deste tipo não serão tolerados nas nossas mídias sociais.

via oglobo

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Funcionária da Record é atacada com ofensas racistas nas redes sociais 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.