J.K. Rowling faz comentário transfóbico e vira um dos assuntos mais comentados do Twitter

J.K. Rowling resolveu sair da toca, e causou polêmica mais uma vez, vomitando comentários transfóbicos em sua conta no Twitter.

Maya Forstater trabalhava em uma empresa sem fins lucrativos e queria a renovação de seu contrato, mas esta empresa se recusou a continuar com ela em seu grupo de associados após a mesma fazer diversos comentários transfóbicos, como “homens não podem virar mulheres” e se recusar a chamar pessoas trans por seus pronomes corretos, insistindo em usar os dead names (pronomes de nascença dessas pessoas).



Esta senhora decidiu entrar com um processo na justiça contra a empresa, afirmando que eles estavam censurando a liberdade de opinião dela. Mas não foi isso que decidiram.

O juiz do caso decidiu que as opiniões dela são absolutistas e anti-democráticas, e continuar tratando pessoas trans desta forma “violaria a dignidade e criaria um ambiente intimidador, hostil, degradante, humilhante ou ofensivo“.

Eis que entra J.K. Rowling em toda esta história. A autora decidiu ir em seu Twitter para manifestar apoio as opiniões transfóbicas de Maya:

“Vista-se como você quiser, chame-se do nome que você quiser, faça sexo com qualquer adulto que consista e queria você, viva sua melhor vida com paz e segurança, mas demitir mulheres de seus empregos por dizer que sexo é real? #EuFicoComMaya“.

via popeek

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Aggressive Gravity