Livros que funcionam também como bilhete único 3
Notícias

Livros que funcionam também como bilhete único

Os períodos de espera no transporte público combinam demais com leitura. Não por acaso em cidades como São Paulo o hábito tem se disseminado cada vez mais.

Para estimular ainda mais essa prática saudável e construtiva, a editoria L&PM aproveitou o Dia do Livro e bolou uma ação muito criativa. Durante a manhã de ontem os passageiros que circulavam na linha 4-Amarela foram presenteados com clássicos da literatura como A Arte da guerra, Sun Tzu; Assassinato no Beco, Agatha Christie; Hamlet, William Shakespeare; Cem sonetos de amor, Pablo Neruda, entre diversos outros.

Ticket_Books

Mas você deve estar se perguntando: tá, mas e o que tem de tão diferente nisso? Simples, algumas dessas obras funcionavam também como bilhete de metrô, graças a um chip instalado em suas capas. Bastava aproximá-las da catraca que a entrada era liberada. Depois de lido e usado como passagem, o livro podia ainda ser recarregado e dado de presente a um amigo.

Ao todo, foram 1.500 livros distribuídos gratuitamente dos quais 300 traziam a surpresa. Os Ticket Books não tem prazo de validade e podem ser recarregados sempre que a pessoa quiser. Para carregá-lo basta acessar o site do projeto e inserir o código que fica na contracapa do livro.

Via Exame / Catraca Livre

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Livros que funcionam também como bilhete único 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.