A frustrante versão original de Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado

O livro que inspirou o estrondoso sucesso de bilheteria

Duas coisas que provavelmente nunca te contaram: as bolas de pelos que os gatos eventualmente vomitam são chamadas de egagropilos, e Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, ícone do terror adolescente, buscou norteadores na literatura. Contudo, se quer um conselho, não crie muitas expectativas sobre a obra que o inspirou.

Escrito em 1973, o livro mais famoso de Lois Duncan veio pisar em solo brasileiro apenas em 2014. E chegou provocando burburinho e esparramando discórdia entre os fãs do filme, uma vez que a versão original, por não apresentar toda a carnificina que tanto fez a alegria dos jovens cinéfilos no final da década de noventa, pode ser decepcionante.



Os momentos de tensão são poucos e não terminam em sangue. O lado psicológico dos personagens é pouquíssimo trabalhado e o sentimento de culpa é explorado de modo raso, quase inexistente. Não há um enredo genuinamente perturbador. Tudo corre através de ações previsíveis e cansativas. Seu primo de dez anos provavelmente descobriria quem está perseguindo o grupo ainda na metade do livro.

Outro detalhe astronômico está na diferença física dos personagens. Enquanto o roteiro assinado por Kevin Williamson trouxe Jennifer Love Hewitt (morena) no papel de Julie James, Duncan criou uma mocinha verdadeiramente ruiva – com direto a sardas no nariz. Helen Rivers, que no filme é Helen Shivers, é a única descrição que bate com o que a telona mostrou. Consegui facilmente visualizar Sarah Michelle Gellar e suas longilíneas madeixas loiras no decorrer das páginas.

Um ponto interessante envolve o acontecimento principal da obra. O primeiro capítulo mostra Julie recebendo a carta que, sem qualquer informação sobre o remetente, traz a curta e implacável sentença: EU SEI O QUE VOCÊS FIZERAM NO VERÃO PASSADO. Isto é, seja lá o que foi feito, já foi feito. E contra fatos não há argumentos! Portanto, diferentemente do filme, o livro tem início com o pacto de silêncio entre os quatro amigos – Julie, Ray, Barry e Helen – já selado.

Se você curtiu o filme e deseja se aventurar por uma trama despretensiosa, a versão original de Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado consegue – na melhor das hipóteses – ser “tolerável”. Sem contar que SOMENTE o livro revela o que eles REALMENTE fizeram.




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Guia de Sobrevivência do Escritor #1