Continuando nossa Semana dos Legados de Lorien da Intrínseca. Ontem nós conhecemos um pouco do universo dos nossos lorianos, hoje seria o dia em que eu deveria fazer a resenha de algum dos volumes para vocês – de preferência o último -, mas eu decidi fazer algo um pouco diferente. Ao invés de fazer uma simples resenha, quero falar um pouco como um certo volume mudou muito do que pensávamos da série.

Quem leu A Queda dos Cinco deve ter se emocionado em ter visto todos os membros da Garde que restaram juntos, mesmo que seus Cêpans não tivessem tido tanta sorte. Foi no 4° volume também que conhecemos pela primeira vez o Número 5 e Adam, dois personagens um tanto quanto interessantes.

Para mim esse foi o livro que realmente colocou a série numa nova direção. Com certeza vimos coisas interessantes que ajudaram a expandir a história, e os livros que dão continuidade ao 4° volume guardão grandes revelações, mas acho que foi esses respectivo livro que permitiu tudo isso. 

Quem poderia dizer que Setrákus Ra conseguiria trazer um loriano para o seu lado e que um morgadoriano poderia querer lutar ao lado de nossos heróis?

Para mim esse foi o livro que marcou o amadurecimento da saga de Pittacus Lore (pseudônimo de James Frey e Jobie Hughes) e eu pude sentir isso na sua escrita.

Posso dizer que grandes coisas estão para vir nos três volumes finais.

Conheça um pouco mais dos outros volumes:

download

Antes de encontrar John Smith, o Número Quatro, Número Seis estava sozinha, lutando e se escondendo para continuar viva. Juntos, eles eram bastante poderosos. Mas precisaram se separar para localizar os demais lorienos sobreviventes.
Seis foi até a Espanha em busca da Número Sete e encontrou mais do que esperava: um décimo membro da Garde, que conseguiu escapar de Lorien. Ella é mais jovem que os outros, mas igualmente corajosa. Juntas, elas partem em uma jornada pela Índia, movidas por boatos que talvez as levem a outro Garde.
Ao mesmo tempo, Quatro e Nove ainda se recuperam da fuga da caverna dos mogadorianos, em West Virginia, e travam uma briga particular: John se culpa por ter abandonado seu melhor amigo, o humano Sam Goode, e Nove menospreza a lealdade de John e o acusa de não se dedicar ao que deveria ser o principal propósito deles: destruir Setrákus Ra e vencer a guerra contra os mogs.

links da resenha: https://www.burnbook.com.br/resenha-a-ascensao-dos-nove-de-pittacus-lore/

 

a-queda-dos-cinco

John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam.
Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos.
Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para vencer um exército inteiro, mesmo com a ajuda de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos.
O tempo está se esgotando, e quando a Garde recebe uma mensagem do Número Cinco — um símbolo lórico em uma plantação — a única certeza dos sobreviventes é que é preciso encontrar Cinco antes que seja tarde demais.
A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.

link da resenha: https://www.burnbook.com.br/resenha-queda-dos-cinco-pittacus-lore/

a-vinganca-dos-sete


No quinto livro da aclamada série Os Legados de Lorien, a Garde sofreu uma perda irreparável. O Número Cinco os traiu. O Número Oito se foi para sempre. Ella foi raptada. Os outros estão agora dispersos por vários lugares.
Em Chicago, John faz o mais improvável dos aliados: Adam, um mogadoriano que virou as costas para seu povo. Ele tem informações valiosas sobre a tecnologia, às estratégias de batalha e as vulnerabilidades dos mog. Mais importante, ele sabe onde abatê-los: na base de comando, perto de Washington, DC. Durante a ação, no entanto, John e Adam compreendem que talvez seja tarde demais. Os mogadorianos deram início a seu plano de invasão definitivo.
Nas mãos do inimigo, Ella está prestes a assistir à invasão de um lugar privilegiado. Por algum motivo, ela é mais valiosa viva. Enquanto isso, Seis, Nove e Marina seguem no encalço de Cinco. Com o desenvolvimento de um novo Legado, Marina finalmente tem o poder de reagir – se sua sede de vingança não consumi-la primeiro.
A Garde está abalada, mas não será derrotada. A batalha pela sobrevivência da Terra não está perdida.

Link da resenha: Em breve

download

O fim está próximo. Por anos, a Garde lutou contra os mogadorianos em segredo. Mas agora a invasão começou e os mogs vieram para ficar.
John lidera a batalha em Nova York. Quando tudo parece estar contra os lorienos e a humanidade, Sam, seu melhor amigo, inexplicavelmente começa a desenvolver poderes — os Legados. Enquanto os dois tentam encontrar Cinco e Nove em meio ao caos e à destruição, eles se deparam com uma adolescente com habilidades que antes pertenciam apenas aos Gardes. Se ela é uma inimiga ou aliada, só o tempo dirá.
No México, Seis, Marina e Adam estão encurralados. Eles foram ao Santuário e liberaram um poder ancestral que pode mudar o rumo dos acontecimentos, mas os conflitos com os mogs acabaram danificando a nave e impedindo que os três se juntassem a John e os outros em Nova York. Agora só um milagre poderá tirá-los de lá.
A Garde está enfraquecida, lutando para sobreviver. A única chance de vencer a guerra contra os mogadorianos de uma vez por todas é destruir seu líder — mas destruí-lo significa condenar Ella a um destino cruel. Se os Gardes não encontrarem uma forma de deter os mogs, acontecerá com os humanos o mesmo que aconteceu com os lorienos: todos serão aniquilados.

Link da resenha: Em breve

resenha-os-legados-de-lorien-livro-7-unidos-somos-um-pittacus-lore-capa

A guerra está chegando ao fim. Mas o planeta só pode ser salvo se todos se unirem para lutar. Último livro da série Os Legados de Lorien, Unidos somos um chega à sua conclusão repleto de surpresas e reviravoltas de tirar o fôlego. A guerra entre a Garde e os mogadorianos, que por tanto tempo ocorreu em segredo, tornou-se um conflito global. Agora, os humanos não só precisam lidar com a realidade de que alienígenas existem, mas também que terráqueos estão começando a manifestar poderes sobrenaturais. Além de adolescentes espalhados por todo o mundo que desenvolveram Legados, a Garde também vai poder contar com o reforço do Exército dos Estados Unidos, que conseguiu reunir uma equipe livre de agentes de infiltrados. No entanto, será necessário proteger esses novos recrutas sem treinamento, já que os mogs parecem interessados demais em usá-los para seus planos misteriosos. Só que John Smith não é mais o mesmo. Depois de perder as pessoas que mais amava nesse conflito, o Número Quatro não parece disposto a permitir que haja mais vítimas. E com um incrível poder recém-descoberto, John pode ser a arma mais forte contra os mogadorianos. Mas que sacrifícios serão necessários na batalha final? Será que John abrirá mão da própria vida para proteger os demais? Em um desfecho cheio de ação e decisões difíceis, o destino da Garde nunca mais será o mesmo.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Link da resenha: Em breve

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos