Miguel Falabella vai dirigir versão brasileira de Dreamgirls 15
NotíciasMundo GeekMusical

Miguel Falabella vai dirigir versão brasileira de Dreamgirls

Jurada da final do reality Cultura – O Musical, a atriz e produtora Cláudia Raia confirmou que, ao lado do produtor Sandro Chaim, prepara uma versão nacional do musical da Broadway Dreamgirls. Ambientado entre as décadas de 1960 e 1970, o drama musical acompanha a vida e trajetória artística de Effie White, Deena Jones e Lorrell Robinson, que formavam o trio Dreamettes, e faz uma crítica a indústria da música repleto de referências a Motown.

Sem data confirmada para a estreia, Dreamgirls – Em Busca de um Sonho contará com a direção e versão assinadas por Miguel Falabella, e cumprirá temporada no espaço 033 Rooftop, no shopping JK Iguatemi, em São Paulo, antes de partir para temporada no Rio de Janeiro. A ficha criativa ainda conta com Fernanda Chamma assinando as coreografias, Fábio Namatame nos figurinos e Paulo César Medeiros assinando o desenho de luz.

O espetáculo foi autorizado a captar R$ 5.609.435,19 via Lei de Incentivo à Cultura. O valor aprovado se refere a lei antes da reforma proposta pelo Ministro da Cidadania, Osmar Terra. O musical conta com o valor de R$ 1.000.000,00 captado através de patrocínio via banco Santander.

via observatoriodoteatro

 

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Miguel Falabella vai dirigir versão brasileira de Dreamgirls 16


O que você achou desse Post?

LOL
0
GOSTEI
0
AMEI
0
CONFUSO
0
Engraçado
0
Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply