Olá leitores do Burn Book. O site G1 divulgou que Jennifer Egan, autora do livro 'A visita cruel do tempo', publicado recentemente pela Editora Intrínseca no Brasil, estará na Flip 2012.
 
 

A escritora norte-americana Jennifer Egan vai participar da 10ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que acontece entre os dias 4 e 8 de julho, na cidade do Sul Fluminense.

Egan foi ganhadora do Prêmio Pulitzer de ficção em 2011 com “A visita cruel do tempo” (Editora Intrínseca). Nascida em Chicago, ela também é autora do livro “Amor a três”, de 1995, adaptado para o cinema e estrelado por Cameron Diaz; e do best-seller "The keep", ainda não publicado no Brasil.

Jennifer Egan, que também teve trabalhos publicados nas revistas "New Yorker", "Harper’s Magazine", "Granta", "GQ", "Zoetrope" e "Ploughshares", junta-se aos já confirmados Jonathan Franzen (Estados Unidos), Ian McEwan (Inglaterra), Enrique Vila-Matas (Espanha), Zoe Valdes (Cuba) e Javier Cercas (Espanha) na Flip 2012.

Década

O aniversário de 10 anos do evento vai contar com o lançado um livro comemorativo, em forma de reportagem, registrando em imagens e textos os momentos mais relevantes. Cada capítulo reúne dois anos da Festa e será escrito por um jornalista convidado. Zuenir Ventura, Sergio Augusto e Humberto Werneck já confirmaram participação na produção de tal material.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

As comemorações ainda preveem o lançamento de um box com seis DVDs contendo os principais destaques da Flip ao longo desses anos.

***
 
Da São Francisco dos anos 1970 à Nova York de um futuro próximo, Jennifer Egan tece uma narrativa caleidoscópica, que alterna vozes e perspectivas, cenários e personagens para contar como os sonhos se constroem e se desfazem ao longo da vida. Obra vencedora do Pulitzer, do National Book Critics Circle Award e do LA Times Book Prize no ano de 2011, A visita cruel do tempo também será publicada em e-book.


Bennie Salazar é um executivo da indústria musical. Ex-integrante de uma banda de punk, ele foi o responsável pela descoberta e pelo sucesso dos Conduits, cujo guitarrista, Bosco, fazia com que Iggy Pop parecesse tranquilo no palco. Jules Jones é um repórter de celebridades preso por atacar uma atriz durante uma entrevista e vê na última — e suicida — turnê de Bosco a oportunidade de reerguer a própria carreira. Jules é irmão de Stephanie, casada com Bennie, que teve como mentor Lou, um produtor musical viciado em cocaína e em garotinhas. Sasha é a assistente cleptomaníaca de Bennie, e seu passado desregrado e seu futuro estruturado parecem tão desconexos quanto as tramas dos muitos personagens que compõem esta história sobre música, sobrevivência e a suscetibilidade humana sob as garras do tempo.

Deixe sua opinião aqui :)