News: O Big FAIL de Os Instrumentos Mortais 3
Notícias

News: O Big FAIL de Os Instrumentos Mortais

Olá, leitores do Burn Book. Não ta fácil pra ninguém, muito menos para os Caçadores das SombrasOs Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos foi muito fraco nas bilheterias, e a Constantin Films decidiu atrasar o lançamento do segundo filme da possível franquia por tempo indeterminado.Além disso, segundo fontes no site The Wrap, existe a grande possibilidade do filme ser cancelado.

*não adiantou ter Demi Lovato como "ponto mais alto do filme", milhões em marketing E críticas compradas por ai*

A notícia traduzida saiu no nosso parceiro Bookeando e resolvi compartilhar aqui com vocês.

still6-1000x666

Sony estava confiante de que Cidade dos Ossos seria um sucesso e em Maio decidiu aprovar o segundo filme Cidade das Cinzas para pré-produção, antes mesmo do primeiro chegar aos cinemas em Agosto. Lilly Collins (Clary Fray); Jamie Campbell-Bower (Jace Wayland) e diretor Harald Zwart estavam todos confirmados para retornarem e as filmagem teriam inicio na próxima semana.

Desde o lançamento em 21 de Agosto, Cidade dos Ossos ganhou U$37 milhões em um total mundial. Com um custo de produção acima dos U$60 Milhões mais os custos para promover o filme (que não foram poucos, já que o studio fez uma turnê mundial com o elenco), Sony e Constantin Films terminaram com uma grande perda.

A decisão foi feita não somente pela perda de dinheiro, mas porque as chances que o segundo filme seja um sucesso são muito pequenas.

Fonte

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


News: O Big FAIL de Os Instrumentos Mortais 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

6 Comments

  1. Aiii não creio : ( estava tão animada para a continuação
    My recent post Easy – Tammara Webber

  2. Então, assim, seus dados estão equivocados Guilherme. O Martin Moszkowicz Cidade dos Ossos arrecadou só com a bilheteria 70 milhões até o dia 09 (verifique sua fonte antes de postar sobre, só uma dica). O próprio Martin também não mencionou nada sobre CANCELAR DEFINITIVAMENTE o filme.

  3. Realmente, a Clara está certa. Foram arrecadados só com a bilheteria 70 milhões. E em alguns lugares o filme ainda nem foi lançado! Claro, outros filmes arrecadaram MUITO mais, mas não é tão ruim assim a situação.
    My recent post Novo teaser de American Horror Story: Coven é divulgado

  4. O filme arrecadou 70 milhões, segundo o produtor.

  5. Eu ainda não cheguei a vê, mais quero muito. Também ainda não li o livro, prefiro conferir o filme primeiro.B
    Beijos.

  6. Para o segundo filmes ter sucesso seria extremamente necessário mudar a direção, porque estragaram o livro, sério mesmo, aquela musiquinha que toca no primeiro beijo deles é ridícula (só agora descobri de é de Demi Lovato, não curto ela, mas também não sou contra, apenas acho que a cena do beijo merecia uma música instrumental, mais lenta, mais intensa), a música não teve nada a ver com o momento. No livro Jace não ficava de sorrisinhos pra ela desde o começo, pelo contrário, dava cada fora mais sustento que o outro, só depois que eles começaram a se ‘entender’ e com muitas faíscas, mas o filmes fez o Jace ficar todo meloso, cheio de olgare se sorrisinhos pra ela! E sério, como assim o Jace não reconheceu o pai??? Tudo bem que no livro ele reconhece a imagem do pai, mas pensa que o pai tem outro nome, mas no filme o pai (cujo nome não digo porque pelo que vi teve gente que não leu) teve que contar que bloqueou as memórias dele (oi?) nada a ver! Ai o Jace que aparentemente nunca viu aquele homem passa a acreditar nele e todo mundo q não leu o livro pensa: que cara mais demente! ¬¬ Outra, depois que o Valentim vai embora e cai neve!!! Oi? É cada uma, viiiu, era pra a imagem do lugar pra onde ele foi ficar no espelho quebrado… sei não, odiei a adaptação! Os atores foram ótimos, não há o que reclamar, não curti tanto o Jace, mas não foi péssimo, os atores que interpretam claire, jocelyn, luke, valentin, simon estavam ótimos,bem como adorei os efeitos, muuito bons… mas o que faltou ali foi uma boa direção! Uma direção que não transformasse o livro só pra comercializar pra o público teen com musiquinhas nada a ver com o momento, neve e sorrisinhos entre o casal!! Se mudasse os diretores, e mantivessem os atores e o pessoal que trabalha com efeitos, tinha tudo pra ser muito bom o segundo filme!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.