Spotify revela popularidade do K-Pop no mundo 4
Notícias

Spotify revela popularidade do K-Pop no mundo

O Spotify revelou um estudo sobre o K-pop, gênero sul-coreano que está dominando a plataforma, e listou quais países o gênero é mais ouvido. Em primeiro lugar vêm os Estados Unidos, seguido pela Indonésia, Filipinas, Japão e, em quinto lugar, o Brasil.

Além disso, o Spotify afirmou também que K-Pop é popular em todos os 79 países em que o serviço está disponível, destacando o crescimento de interesse no Egito e Vietnã. De todo esse sucesso, 73% dos ouvintes são mulheres, e 53% do público está na faixa etária de 18-24 anos. A plataforma registrou mais de 134 bilhões de minutos de faixas do gênero ouvidas.

Mas quais são os artistas mais ouvidos no serviço? Segundo o Spotify, o ranking é liderado pelo BTS, seguido por BLACKPINKEXOTWICE e Red Velvet. Veja abaixo as canções mais ouvidas:

  • Boy With Luv” – BTS e Halsey
  • Kiss and Make Up” BLACKPINK e Dua Lipa
  • FAKE LOVE” – BTS
  • Kill This Love” – BLACKPINK
  • DNA” – BTS

Confira o infográfico completo abaixo (em inglês):

Spotify revela popularidade do K-Pop no mundo 5
via Omelete

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Spotify revela popularidade do K-Pop no mundo 6


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply