Theatro Municipal de SP terá 7 óperas e programação gratuita

'Objetivo é representar todas as linguagens', diz Hugo Possolo, diretor artístico do Municipal. Haverá apresentações gratuitas.

O Theatro Municipal, um dos espaços artísticos mais tradicionais de São Paulo, passa por uma transformação porque quer se tornar mais acessível e ser mais frequentado por todos os paulistanos. A Temporada 2020, anunciada nesta semana, traz opções para os amantes da música, dança, circo, e teatro de todos as idades. A ideia é aproximar o público do espaço, ainda visto por muitos como inacessível.

2020 trará 7 óperas em 6 montagens, misturando peças mais clássicas e novas leituras do formato. Para Hugo Possolo, diretor artístico do Theatro, as apresentações mais eruditas seguem em evidência, com o propósito de trazer novos espectadores e apresentar esta arte para novos públicos.



“O objetivo é representar todas as linguagens, não somente as primordiais, como ópera e concerto. Não deixando isso de lado, pois inclusive aumentamos a quantidade de óperas neste ano, mas trazendo outras e novas maneiras. ”.

Dados de um relatório de pesquisa de perfil de público e satisfação realizado pela AGP Pesquisas Estatísticas mostraram que, em 2019, mais apresentações foram prestigiadas por novos espectadores. 42% foram ao Municipal pela primeira vez. Em 2018, o número era menor, 34%. Além disso, a faixa etária até 29 anos foi a que esteve mais presente nos espetáculos, representando 37% do total de espectadores contra 28% do mesmo período do ano passado.

“O público em concerto, em danças, nas óperas, é novo. Boa parte desse público é mais jovem. Isso significa que estamos aproximadamente essa linguagem, as pessoas estão se aproximando dela, e assim não fica uma coisa tão distante”.

“Arte é ocupar. Precisamos ocupar com a arte os equipamentos municipais da cidade. Estamos ocupando a cidade com a arte e mostrando que ela tem valor, tem significado e que ela não pode ser atacada”.

via G1

Leia Mais
Salem é cancelada pelo WGN America!