Enquanto aguardamos ansiosamente o quarto e último volume da série (ainda sem título), a autora compartilhou uma fala do soldado Dane Davidson em sua conta no Twitter.

 
Leia (tradução livre):
Citação de RV4 do momento, porque me identifico.
“Eu preferiria estar sentado no terraço ficando bêbado com meu marido, vendo crianças frustradas encarando umas às outras, do que fazer isso.
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.
No Brasil, a série é publicada pela Editora Seguinte, e o terceiro volume “A Prisão do Rei” foi publicado recentemente no Brasil. 

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos