Yara Flor, nova Mulher-Maravilha dos quadrinhos, é brasileira 3
NotíciasLivrosMundo Geek

Yara Flor, nova Mulher-Maravilha dos quadrinhos, é brasileira

A editora de quadrinhos DC anunciou que vai apresentar uma nova Mulher-Maravilha, a brasileira Yara Flor.

“Ela é do Brasil, mas é uma imigrante nos Estados Unidos. Também tem esse elemento na história dela”, afirmou o editor do grupo de Superman, Jamie S. Rich, ao site IGN.

“Apesar da gente ver ela atualmente ativa como a Mulher-Maravilha, eventualmente vamos descobrir sua origem – parcialmente com ela entendendo o que isso significa, de onde ela é, por que ela é isso, como ela se relaciona com Diana e com as outras amazonas.”

De acordo com Rich, Yara vai ser o oposto da heroína original, Diana Prince.

“Diana Prince é uma deusa, então ela sempre está um pouco acima de nós. Esta é uma chance de meio que voltar a uma das raízes antigas da Mulher-Maravilha, na qual Diana tentava ser uma humana e aprender como ser humana. Agora vamos na direção oposta – como uma humana aprende a ser uma deusa?”

Em uma publicação de agosto da Mulher-Maravilha original, “Wonder Woman Annual #4”, uma nova tribo de amazonas foi descoberta no Brasil.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Yara Flor, nova Mulher-Maravilha dos quadrinhos, é brasileira 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Notícias

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.