Água Para Elefantes
Autora: Sara Gruen
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 336

Mais Informações: Skoob
 

 
 

 

 

 

 

Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solí­citas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.

Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento – o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.

É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.

Jacob Jankowski tem uma vida aparentemente perfeita e encaminhada. Estudante do último ano de veterinária da conceituada Universidade de Cornell , ele pretende seguir os passos do pai, um veterinário aposentado e apaixonado por sua profissão. No entanto um grave acidente acaba matando os pais de Jacob e o deixando completamente desamparado. 
Sem dinheiro, sem casa (seus pais haviam hipotecado tudo para poder mandá-lo para a faculdade) e sem motivações para fazer os exames finais do curso de veterinária, Jacob acaba fugindo e largando tudo para trás. No entanto algo que ninguém poderia prever acaba alterando para sempre o futuro de Jacob.

Enquanto andava de madrugada sem rumo pela estrada férrea, Jacob acaba vendo um grande trem vermelho se aproximar, e sem pensar muito acaba pulando para dentro dele. Depois de ser abordado por homens enfurecidos, ele descobre onde está: o Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. 

Ao amanhecer, Jacob se depara pela primeira vez com o dia-dia dos trabalhadores do circo. E logo percebe que todos têm seu lugar e suas respectivas funções. Os trabalhadores são encarregados do serviço pesado: montam as tendas, descarregam os animais e cuidam de toda a infra-estrutura. Os artistas (ou mambembes como todo o resto do circo os chama) são as estrelas do espetáculo, e a eles é reservado todo o direito de ócio. Os chefes estão no meio termo, são responsáveis por supervisionar o trabalho de todo o resto, mas não têm todos os privilégios dos artistas. E há também os caipiras, que são os moradores da cidade por onde o circo passa. Jacob logo consegue um ‘departamento’, ou seja, um posto para trabalhar no Circo, e torna-se o veterinário responsável. 
 
– Você não levava água para elefantes.
– Claro que eu levava.
– Não, não levava.
– Você está me chamando de mentiroso? – diz ele devagar.
– Se você diz que levava água para elefantes, sim, estou chamando você de mentiroso. 
(Capitulo 1 – página 13)
 

O responsável por dirigir e organizar o Circo dos Irmãos Benzini, o Maior espetáculo da Terra (sim, no livro eles falam isso toda hora) é o temível Tio Al, que não tem pudores para maltratar seus subalternos, e até mesmo jogá-los para fora do trem (em movimento) quando é necessário. 


Durante a primeira noite de espetáculo, Jacob vê algo realmente maravilhoso: a apresentação de Marlena. Uma bela mulher que se apresenta com um grupo de 12 cavalos, pretos e brancos, e encanta toda a plateia. O veterinário fica admirado com a beleza da moça e com a seriedade e facilidade com que Marlena trata de seus adoráveis animais. Entretanto a beleza de Marlena não é algo tão acessível assim. 
 
Ela é casada com o diretor equestre do circo, o instável August. Homem de poder e que tem o apoio de Tio Al para tomar suas decisões. Porém, existe algo que August não pode controlar: Jacob e Marlena estão apaixonados, e ele não pode fazer nada a respeito. 
 
No meio de tudo isso, o circo acaba adquirindo uma atração que promete fazer com que o espetáculo saia da falência: a elefanta Rosie. Jacob cria uma conexão quase imediata com ela, e junto com August e Marlena, eles montam um belo espetáculo. 
 
Quando fica claro que Jacob fará qualquer coisa por Marlena, vários aliados se juntam tentando fazer com que a moça fuja das garras de seu tirano. O anão Kinko(ou Walter, mas apenas para os amigos), o chefe da segurança Earl e o velho moribundo Camel. 
 
Jacob e Marlena precisam manter as aparências, mas depois de um tempo fica claro que não poderão se esconder para sempre de August. E também não podem abandonar o circo, afinal, Rosie se torna algo tão importante na vida de Jacob, assim como Marlena. 
 
Às vezes acho que se eu tivesse de escolher entre uma espiga de milho e fazer amor com uma mulher, escolheria o milho. Não que eu não fosse gostar de curtir uma última trepada – ainda sou homem e algumas coisas nunca morrem -, mas só de pensar naqueles grãos doces estourando entre os dentes fico com água na boca. É uma fantasia, eu sei. Nenhuma das duas coisas vai acontecer. 
 
Quando ouvi rumores sobre o livro, não me animei para ler. Primeiro porque pensei que seria só mais um livro adorado pelas fãs de Crepúsculo (Jacob é interpretado por Robert Pattinson no filme), segundo porque nunca gostei muito de circo. Mas depois de ir a livraria com a Eli do Blog Grintmess e roubar um Kg de marcadores do livro, comecei a ficar com vontade de ler. 
 
Demorei um pouco pra ler (5 dias) porque parece que tudo acontece na mesma hora e no mesmo momento:sinusite atacada, vestibular, namoros/términos de namoro, amigos em crise, etc… 
 
Mas enfim, li. 
 
E assim como a capa (tanto a original, como a com a versão do filme) o livro é lindo. A história é narrada em primeira pessoa e o personagem mistura elementos tanto do passado (quando viveu no circo) como do presente (velho e vivendo em um abrigo para idosos). A narrativa nos prende de diferentes formas, seja pelo desejo de saber mais sobre o circo, seja para apreciar o romance entre Jacob e Marlena. 
 
A tradução foi muito bem feita, e todos os palavrões foram mantidos (yeeah). A descrição de cenas quentes também é… QUENTE. 
 
A última página do livro ficou encharcada de tanto que chorei. Muito lindo, vale a pena mesmo.

» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

 

Outras Capas:
 
 

Recentemente o livro foi adaptado para o cinema.

 

 

O filme é uma adaptação ao cinema do best seller Water for Elephants, escrito por Sara Gruen, com roteiro de Richard LaGravanese e direção de Francis Lawrence (Eu sou a Lenda,Constantine).

 
Água para Elefantes se passa na época da Grande Depressão da década de 1930 e conta a história de um triângulo amoroso envolvendo um jovem estudante de veterinária (Pattinson) que se junta a um circo viajante de segunda categoria e se apaixona pela principal estrela do circo (Witherspoon). Waltz faz o marido dela, dono do picadeiro.
 
 
 
 
 
 

 

Deixe sua opinião aqui :)

No more articles