Resenha: Asylum, de Madeleine Roux 3
Resenhas

Resenha: Asylum, de Madeleine Roux

E se Charlie, Sam e Patrick de As Vantagens de Ser Invisível estivessem num filme de terror?

Asylum é como eu imaginei que um livro de terror fosse feito no universo Young Adult. Na trama, Dan, um garoto tímido e sem muitos amigos, mas muito inteligente (sim, ele lembra o Charlie), vai para um curso preparatório de verão numa universidade. A animação de estar num lugar onde ele finalmente se sente encaixado some, quando o mais novo prédio, que a universidade adquiriu, se revela um antigo manicômio que começa a dominar os sonho de Dan com os horrores do passado.

O livro em si lembra O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares pelo conjunto de fotografias sombrias e perturbadoras. Mas enquanto o primeiro é mais uma aventura estranha ao estilo Tim Burton, o segundo é mais um filme de terror, que explora ao fundo o horror dos pacientes e a sanidade dos envolvidos. Dan possui lapsos de memoria e se vê cada vez mais consumido pelas visões, a ponto de duvidar da própria saúde mental.

tumblr_ndnemqZGQC1thwxa1o7_1280

Acho que o problema maior mesmo é a maturidade dos personagens. Pelo que livro indicava eles só faltavam cumprir o ultimo ano do colegial, mas eles agiam como se ainda faltasse muito para irem à faculdade, até a paquera entre Dan e Abby soou muito juvenil para um casal na universidade. Mas isso não me incomodou muito. Ao longo que as visões tomam conta de Dan e descemos pelas entranhas do manicômio, você simplesmente tem que saber como acaba. E o final… Bem, ele foi meio o que os fã da saga Maze Runner estão acostumados. Você sabe o que aconteceu, mas ao mesmo tempo você não sabe o que aconteceu.

Como essa é a primeira parte de uma trilogia, quero ver onde os próximos livros vão me levar. Pelo visto, ainda falta muito o que ser explorado.

E antes de terminar, eu tenho que mencionar de novo que o trio protagonista lembra muito o de As Vantagens de Ser Invisível. Talvez isso te convença a ler.

Confira o book trailer abaixo:

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=vZhSSkp5Wi0]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Asylum, de Madeleine Roux 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.