O primeiro livro publicado do mestre do terror

Carrie, A Estranha foi o primeiro livro de Stephen King que li. Não que não tenha tentado ler o mestre do terror antes, mas na época não consegui ir adiante. Talvez eu fosse jovem demais e me faltava maturidade para suas histórias, mas dez anos depois resolvi dar outra chance ao autor. Fui atrás do livro que colocou seu nome no mapa e tenho que dizer: que livro fantástico!

Eu me vi preso do começo ao fim com a personagem Carrie White e toda a tenção que o autor vai criando, te dando pequenas pistas de que algo horrível vai acontecer. A narrativa de Stephen é densa, te atingi aonde deve, e te coloca cara a cara com esse universo obscuro e, ao mesmo tempo, realista que criou.

Se pensar bem, a história de Carrie não é muito complicada, mas às vezes as coisas mais cruéis da natureza humana podem ser bem simples. O autor já falou em entrevista que gosta de escrever sobre pessoas normais em situações extraordinárias, mas o extraordinário nem sempre é bom, ainda mais quando se tem um autor que sabe retratar muito bem o ser humano.

No final, Carrie, A Estranha, me fez querer ler loucamente outros livros de Stephen King.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Resenha: Carrie, A Estranha, Stephen King
100%Pontuação geral
Capa 100%
Narrativa 100%
Enredo 100%
Personagens 100%
Votação do leitor 1 Voto
94%

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos