[Resenha] CONFISSÕES DE UMA GAROTA EXCLUÍDA, MAL-AMADA E (UM POUCO) DRAMÁTICA

13102732_1139962676067872_8390574845346502728_nSabe aquele livro, que tu começa a ler e se identifica com algumas coisas? Bom, não é o caso desse, pois eu me identifiquei com quase tudo. Thalita, Obrigada por isso! <3

Tetê é uma adolescente normal, ou quase, que tem seus problemas de relacionamento, sofre muito bullying por conta do seu jeitinho único, tem muita dificuldade no quesito amizade e encontra a superação. E é isso o que o livro fala, SUPERAÇÃO! No meio de todo tornado que está vivendo, mudança de cidade e escola, problemas familiares e até mesmo muita falta de confiança em sí, tudo muda para melhor e ela começa a acreditar em amizade verdadeira, se torna emponderada e conhece o amor, tudo isso com ajuda dos seus novos melhores amigos e um psicólogo pra lá de bom, o que sua mãe não concordava muito. Tem como não amar essa história?

Muitas das vezes, somos invisíveis aos olhos de quem queremos que nos visse. Esquecemos que vale muito mais ser notada por pessoas que querem ser nossas amigas e estar conosco. A época do colegial sempre é a mais difícil, principalmente para o excluído. Eu, quase sempre, fui esse tipo de pessoa: a que era zoada, quase sem amigos, gorda, de óculos, mal-humorada, nerd… Enfim, tudo isso já é auto-explicativo, não é mesmo? Me identifiquei muito com ela, tantos nos problemas como nas vitórias. E acho que isso é o mais importante, vencer todos os problemas.

“Algumas pessoas são mais sensíveis que as outras. Foi o que respondi quando me perguntaram por que o bullying mudou tanto a minha vida. Todos aqueles apelidos e brincadeiras da minha infância se transformaram em obstáculos na adolescência. Demorei anos pra entender que tudo bem ser diferente do resto do mundo. Aliás, é justamente isso que nos torna tão especiais. Tetê me fez lembrar de como essa descoberta muda tudo!” – Bruna Vieira

02Esse novo livro da Thalita Rebouças vem para trazer mais realidade ao mundo literário, sem problemas que quase ninguém vive, sem contos de fadas, sem ficção, mas com um final feliz incrível.

Tetê, é a garota que: supera a exclusão, se torna muito amada, mas, continua bem dramática, afinal ela é uma adolescente e que adolescente não tem suas crises?

Ah, a além de ser uma leitura realmente deliciosa e recomendada para todas as idades, durante a leitura você encontra receitas que a própria Tetê faz. Amo/Adoro personagens com o dom da culinária e que nos ensina a fazer os pratos. Hoje mesmo já fiz o “Sensacional CupCake de Caneca” da Tetê. E já estou louca para fazer os outros! <3

01

Essa é uma leitura obrigatória para todos, adolescentes, jovens, adultos e principalmente para os pais e professores.

“Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática” é um livro que alguém precisava escrever e estou feliz que tenha sido a Thalita!  <3

___________________________________________________

SINOPSE

Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.

O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa… O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes… Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

****

Erick, o príncipe, jamais me notaria. Nem que eu nascesse mil vezes. Fiquei imaginando o divo causando em todas as meninas do mundo o que ele causava em mim. Certeza de que todas as garotas da escola já sonharam, por um momento, chamá-lo de namorado. Dizem que a adolescência é a época das paixões impossíveis. Eu não estava apaixonada, claro que não. Ou estava? Não! Não estava! Mas como me fazia bem pensar no Erick. Mesmo na impossibilidade de algum dia ser olhada por ele como eu o olhava.

E é isso, o que achou dessa história? Vai querer ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, ficarei feliz em responder e falar com vocês.

Vou falar do livro lá no Snap do BurnBook (BurnBookTV) e no meu (lari.luara). 

Beijos! <3 

Thalita_banner

Capa100
Enredo90
Narrativa90
Personagens100
Nota dos Leitores:38 Votes83
95

Leia Mais
Neil Patrick Harris virá à Comic Con Exeperience, em São Paulo!