Em Chamas
 Autor: Suzanne Collins
 Editora: Rocco
 Páginas: 416

 

 

 

 

 

Cuidado Spoilers na Sinopse

Contra todas as probabilidades, Katniss Everdeen ganhou o anual Jogos Vorazes com seu companheiro de distrito, Peeta Mellark. Mas foi uma vitória conquistada por provocação a Capital e suas regras severas. Katniss e Peeta deveriam estar felizes. Afinal, eles ganharam não apenas para si mas também para suas famílias uma vida de segurança e abundância. Mas há rumores de rebelião em outros distritos, e Katniss e Peeta, para seu horror, são os rostos da rebelião. A Capital está irritada. A Capital quer vingança.

“Matar ou Morrer. Não há escolha.
Na arena, o mais capaz vence.
Os Jogos Vorazes continuam!”

 

Olá Leitores do Burn Book. Confesso que quando se trata da série Hunger Games, sou meio suspeito para falar, pois este ano, a série me conquistou, assim como milhares de leitores ao redor do mundo, puderam sentir momentos de alegria, tristeza, angustia e sofrer com a magnífica história criada por Suzanne Collins.

Vou tentar fazer esta resenha com o mínimo de spoilers possíveis, pois vale a pena ser surpreendido a cada página de Catching Fire.
 
AVISO: Se ainda não leu Jogos Vorazes, primeiro volume da série, esta resenha conterá alguns spoilers pra você!
 
Katniss e Peeta foram os vencedores dos Jogos Vorazes e voltam pra casa em segurança. Como recompensa, eles ficaram são ricos, vivendo agora na vila dos vencedores do Distrito 12 e estão tentando tocar suas vidas depois de passar pelo horror dos jogos.
 
 
Katniss Everdeen se sente indecisa quanto ao que sentiu, ou deixou de sentir por Peeta, seu eterno companheiro nos Jogos Vorazes, e prefere se afastar dele, para passar um tempo com a sua familia, e aos finais de semana, sair para caçar com Gale [seu melhor amigo] como nos velhos tempos.
 
Depois do ultima edição dos Jogos Vorazes, os distritos começaram a se rebelar contra a Capital, e aos olhos do Presidente Snow, Katniss foi quem deu a esperança e a força para eles começarem, e ele fará de tudo para ela pagar por isso. 
 
Em Catching Fire temos a continuação dos acontecimentos de Jogos Vorazes e revivemos alguns fatos angustiantes pelos quais já passamos no primeiro livro da série. Katniss, Peeta e Gale estão de volta, muito mais maduros, e agora acostumados com a idéia do que passaram, querendo mostrar a Capital, que eles não são meros peões em seu tabuleiro de xadrez. Novos personagens são apresentados, e alguns já conhecidos voltam a cena, e ganham uma maior importância no desenvolver da história.
 
A Narrativa é perfeita, no mesmo ritmo de Jogos Vorazes, Suzanne Collins nos transporta para dentro do livro, com a riqueza de detalhes, e situações extremas, onde me senti no lugar de alguns personagens, pensando em alguma forma de eles lidarem melhor com a situação, e sofrendo com eles.
 
Suzanne Collins acertou em todos os pontos em Catching Fire, uma continuação magnifica, que fez passar 2 noites em claro, querendo saber o que iria acontecer na pagina seguinte. O Final é chocante, melhor até que Jogos Vorazes. Depois da ultima frase do livro, fiquei uns 5 minutos tentando digerir a informação e logo corri para a internet para caçar onde eu poderia comprar Mockingjay , 3° volume da série e continuação de Catching Fire.
 
Tentei descrever Catching Fire da melhor forma possível, com o mínimo de spoilers, e continuo sem palavras para essa série maravilhosa, digna de ganhar o premio de Best Seller do Ano. Mal posso esperar pela estréia do Filme baseado no livro Jogos Vorazes, e tenho certeza que vai ser uma ótima adaptação, pois o roteiro está nas mãos de ninguem menos que Suzanne Collins, autora da série.
 
 
– Só quero passar todos os minutos possíveis do resto da minha vida com você – responde Peeta.

 

Pra terminar, só tenho 2 coisas a dizer:

Katniss Everdeen casa comigo?
E definitivamente sou Team Peeta.
 
– Outras Capas
 

“O romance de aventura mais próximo da perfeição que já li.”–Rick Riordan, autor da série Percy Jackson 

“Violento, chocante… Eu não conseguia parar de ler.”
–Stephen King

 

“Estou até agora em choque! Pensei que Stephenie Meyer era fraca, mas estava enganado!”— Guilherme Cepeda, Equipe Burn Book

Playlist:
As musicas que marcaram esse livro, foi uma mistura de All We Know Is Falling do Paramore, com o [EP] Beneath It All da banda Hey Monday.

E que a sorte esteja com vocês.

 

 

 

 

 

Deixe sua opinião aqui :)