Resenha: Esc@ndalo, de Therese Fowler 16

Resenha: [email protected], de Therese Fowler


Escandalo

 



 

Autor: Therese Fowler
Ediora: Novo Conceito  
Número de páginas: 384  
Ano de lançamento: 2013
Classificação: 3/5 estrelas

 

 

 

 

 

 

Sinopse: 

Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia… Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto… Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.

[email protected]? O livro foi no máximo um boato.

A trama criada por Therese Fowler é mais do mesmo e pode ser comparada a uma novela mexicana.

Começando pelos trechos na capa:

1)  Amor proibido, privacidade devassada e vidas em jogo (até aqui, ok)

2)  Um Romeu e Julieta de nossos dias? Não!!!

Tirando uma ou outra citação de William Shakespeare, o livro passa longe do romance proibido dos jovens Romeu e Julieta.

O tema principal explorado por Therese Fowler é o sexting – palavra de origem inglesa formada pelas palavras “sex” + “texting” muito comum nos dias de hoje, principalmente entre casais que trocam fotos e acidentalmente (ou nem tanto), essas fotos acabam parando em celulares alheios.

Que atire a primeira pedra quem nunca recebeu uma foto dessas na escola ou pelo menos ficou sabendo de um caso de uma foto “não apropriada” circulando pela escola, por essas e outras que [email protected] não me convenceu. A autora utilizou a temática para desenvolver o livro, mas se prolongou demais e investiu em muito drama para pouca história.

Amelia Wilkes e Anthony Winter é um casal de namorados normal, que sonham em ter uma vida juntos. Amelia é menor de idade, e após o pai da garota descobrir fotos de Anthony no notebook dela, começa a história e acusações pra cima de Anthony, que aos olhos da lei cometeu um crime.

"Juntos, representavam uma discreta, mas poderosa força da natureza. O amor faz essas coisas com as pessoas às vezes. "

Amelia é insegura e não apresenta os reais fatos que levaram Anthony a enviar as fotos, e o garoto não faz muita coisa para mudar o seu “quadro negro” e encara as consequências. Acredito que o fato de Therese Fowler ter presenciado por um caso de “sexting” em sua família, quando seu filho aos 19 anos chegou para ela e falou que iria ser preso, ela exagerou um pouco no livro e tornou a narrativa cansativa e a leitura arrastada.

escandalo-therese-fowler-nc-ml

Resumindo, esperei muito de [email protected] e acabei me decepcionando com a leitura, mas recomendo o livro para leitores que gostem de narrativas dramáticas que chamem a atenção para temas não muito abordados em livros jovens adultos.

Resenha escrita por Guilherme Cepeda – Burn Book ©


Resenha: Esc@ndalo, de Therese Fowler 17

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Resenha: Esc@ndalo, de Therese Fowler 27
Youtubers fazem paródia feminista do single “Essa Mina É Louca”