Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 17
Resenhas

Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley.

Olá leitores do Burn Book, confira abaixo uma resenha especial dos 3 volumes da série Scott Pilgrim, publicados pela Editora Cia das Letras no Brasil.

Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 18   Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 19  Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 20
 
Em meados de Agosto de 2004 o quadrinista ainda misterioso Bryan Lee O’Malley, Canadense, iniciou um projeto bem diferente do habitual mundo dos Comics Norte Americanos. De inicio foi apenas o roteiro com os amigos, mas o material foi progredindo e ficando a cara do nosso mundo e momento, mas o que eu quero dizer com isso?

Scott Pilgrim, o personagem principal e título da HQ de O’Malley é um típico adolescente Canadense, ele tem 23 anos, é incrível e toca na sua bandinha mequetrefe os Sex Bob-Omb. Nada parece tirar a paz e sossego do jovem Pilgrim e seu grupo bastante interessante de amigos vagabundos. A premissa podia ser assim, caso O’Malley fosse um cara normal, mas ele não é. Em volto a esse clima largadão de musica e festas e comer pizza gelada, descobrimos que o mundo de Scott Pilgrim é bem acido, porém doce.

 
Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 21
 
Vamos ser rápidos aqui, pois a HQ também é. Scott Pilgrim(Baixista) e seus amigos, Stephen Stills(Vocal/Guitarra), Kim Pine(Baterista) e Young Neil (que não toca nada mas joga desde Zelda a Mega-man) tem uma banda, que não faz muito sucesso mas eles tão na estrada. Scott, um verdadeiro galã, conhece uma estudante de 17 anos Chinesa, Knives Chau (toda a galera da banda tem 21 para cima) e as piadas começam. Sem dar bola, o jovem segue sua vida e o ‘’romance’’, EIS que em sonhos e depois em uma biblioteca em Toronto, Canadá, ele conhece Ramona Flowers. A única entregadora do site Amazon.com na região e linda! Após alguns rolos, Scott ‘’larga’’ Knives e começa a sair com Ramona, e então a vida largada do jovem rapaz se torna um caos, caos ainda maior que seu apê! É que a assim, para Pilgrim sair com Ramona ele terá de enfrentar, ops, Derrotar os 7 ex-namorados do mal dela.
Se você fez essa cara ou pensou ‘’WTF?’’, não se assuste que o barco segue por aí mesmo. O’Malley, totalmente despreocupado com a veracidade dos fatos cria uma verdadeira saga (e foi mesmo, durou de 2004 á 2010) da vida deste irresponsável porém muito carismático, Scott Pilgrim. 
 
Vamos ao que importa nesta resenha, a forma como Bryan Lee O’Malley desenha não agrada a todos os leitores de cara, não que ele desenhe mal acontece que seu traço é bem diferente do concorrido mercado Norte Americano. Bastante influenciado pelos Mangás, seus personagens já recebem + 1 em algumas características, como: Os olhos, a anatomia infantilizada, linhas de ação e elementos gráficos e na própria estória mesmo (alou, 7 ex-do mal, qualé rs).

Obviamente o fato mais importante, a HQ é toda em preto e branco, mas da pra notar que muita cor sai de dentro dela, principalmente nas lutas. É isso aí, esta revista trás romance, drama (adolescente, mas é drama) e muita, MUIIIIITA luta! No melhor estilo vídeo-game.

Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 22
 
A forma também como O’Malley desenha pode lembrar muito os Cartoons que também influenciaram seu estilo. O cara usa muito carvão e lápis de grafites fortes como 6B para rabiscar sua história o que imprime um traço bem pesado e marcado. Uma ótima coisa é que Bryan sabe muito de cultura POP o que usa com mestria em qualquer capitulo da HQ. Temos uma tonelada de referencias a cultura POP e modismos, e garotas do blog, as roupas que as meninas Ramona, Kim Knives, Anvy usam estão ligadas direto com a moda atual, toda a cena temos uma roupa, cabelo ou clima diferente, nada fica parado em um quadrinho de Bryan, e ao passo que você vai lendo e observando cada desenho do seu traço, vai se acostumando com aquele mundo doido.
 
Por fim, é difícil é não se identificar com Scott e sua turma de amigos. Afinal, todo mundo já levou um fora quando estava apaixonado ou já teve que voltar pro início do jogo por conta de um chefão apelão. O importante é tentar de novo.
 
Resenha por: Marko Miller
 
 
Confira abaixo algumas imagens cedidas pela Editora Cia das Letras para esta resenha.
 
Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 23

Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 24

Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 25Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 26
 
Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 27Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 28
 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha Especial : Scott Pilgrim contra o mundo, de Bryan Lee O`Malley. 29


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

6 Comments

  1. Wow, adoreeeei a resenha. Eu li os três livros emprestados, mas não consegui fazer uma resenha. Na verdade, em parte porque eu não saberia como resenhar um quadrinhos, e também porque eu não teria nenhum argumento para fazer qualquer tipo de critica, sendo esta positiva ou negativa, visto que não sou muito de ver quadrinhos e não sei tanto sobre o autor.
    Adorei a resenha, os livros são muito bons mesmo! E concordo sobre a parte "a HQ é toda em preto e branco, mas da pra notar que muita cor sai de dentro dela".
    My recent post Cileléla: um amor virtual

  2. Estou doida para ler a trilogia, pelo que eu vejo dos quadrinhos eu acho que vou gostar muito.
    My recent post Na Semana #4

  3. L56JG L56JG L56JG 201575 L56JG

  4. We offer you with a table of all the emoticons that can be used on this application, and the meaning of each symbol. Though it may take some initial effort on your part, the skills garnered from regular and strategic use of social media will create a strong foundation to grow your business on ALL levels. 624852

  5. A resenha ficou muito boa. ^^ (Adoro ler resenhar de HQs)
    Se o livro (a HQ), for boa igual ao filme, deve valer a pena ler.
    My recent post Em Breve: Novo jogo da Turma da Mônica!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.