Resenha: Fuga de Furnace - Fugitivos, Alexander Gordon Smith 5
Resenhas

Resenha: Fuga de Furnace – Fugitivos, Alexander Gordon Smith

Do que adianta escapar se o mundo se tornou uma prisão?

Alex, Simon e Zê pensaram que encontraram a liberdade, mas o mundo inteiro está prestes a sucumbir no quarto livro da saga Fuga de Furnace de Alexander Gordon Smith. A verdade por trás das intenções de Alfredo Furnace ganha forma e a série de livros parece estar caminhando para um final épico com essa narrativa explosiva e envolvente, nos levando cada vez mais até os piores monstros.

Eu estava curioso para voltar ao mundo fora da prisão, ainda mais com a fuga de prisioneiros da inescapável Penitenciaria de Furnace. Alex e seus amigos derrotaram o diretor e o lugar que foi o inferno particular deles durante um tempo que mais pareceu uma eternidade, mas já sabíamos que as coisas não seriam tão fáceis assim. Nada nunca foi fácil para nosso grupo.

O modo como Smith vai arquitetando sua história é digno do que esperava de um autor que nos mostrou tanta coisa boa em seus primeiros três livros, dito isso tenho que dizer que talvez muitos achem Fugitivos o livro mais fraco da saga. Não que o livro seja ruim, longe disso, mas pelo seu começo pouco satisfatório. Demora um pouco para a quarta parte te pegar de jeito, no entanto, quando o plano de Alfredo vai ganhando forma você não consegue mais parar.

E que venha Execução.  

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Fuga de Furnace - Fugitivos, Alexander Gordon Smith 6


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.