Um livro simples que mostra como amizade é tão gostosa de ler quanto romance

Garoto 21 é um romance de Matthew Quick. Conhecido por trabalhos como O Lado Bom da Vida e Perdão, Leonard Peacock, ele é um autor que você já ouviu falar, mesmo que nunca tenha lido um trabalho seu. Fiquei muito feliz quando a Editora Intrínseca me deu a oportunidade de lê-lo pela primeira vez.

Com uma boa narrativa e capítulos que passam sem que você perceba, somos apresentados a Finley, um dos poucos garotos brancos em um bairro pobre de predominância negra. Sabendo muito bem da criminalidade que vaga pelas ruas, ele só encontra paz no basquete e em sua namorada, Erin, isso até que seu treinador pede que Finley ajude Russ. Um jovem prodígio do basquete, que ameaça sua posição no time e pensa que é um alienígena de outro planeta.

E com isso somos jogados ao mundo de Finley enquanto ele tenta lidar com seu novo amigo, Russ, ou melhor dizendo, Garoto 21. Com certeza a situação é bem louca, mas Finley encontra um certo conforto com seu novo amigo, mesmo com tantos problemas. É muito bom poder ler uma história que foca em amizade. Ás vezes parece que os protagonistas tem que pegar um ao outro de qualquer jeito, mas aqui temos dois garotos com problemas que encontram um descanso no cosmo e todo o espaço sideral.

Matthew conduz muito bem a história. Em nenhum momento ela parece forçada, embora eu senti que não li o melhor trabalho seu. Esse Young Adult me pareceu algo que veríamos de John Green se ele assumi uma nova escrita, mas, se esse não é o melhor trabalho de Matthew, então o que eu estou fazendo parado aqui sem ler mais livros dele?


» Siga o Burn Book no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

 
Capa 80
Narrativa 85
Enredo 75
Personagens 75
Nota dos Leitores:1 Vote86
79

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos