Resenha: Half Bad, de Sally Green 3
Resenhas

Resenha: Half Bad, de Sally Green

Não sentia essa vontade de entrar num mundo mágico desde Harry Potter.

Half Bad é o primeiro da trilogia sobre o bruxo Nathan, embora ele ainda não seja um bruxo e, talvez, esteja condenado a essa vida pelo Conselho. Seu pai é o bruxo das trevas mais temido e poderoso de toda a Europa, o que faz Nathan metade Luz e metade Trevas.

Odiado por todas, acompanhamos a vida de  Nathan desde que era um criancinha que não entedia por que as pessoas o olhava com ódio e curiosidade, até o momento que seu destino é decidido. Isso tudo no meio de reviravoltas, mistérios e sofrimentos, que nos fazem sentir como se estivéssemos sendo rejeitados por todos, igual a Nathan.

Sally criou um mundo mágico moderno perfeito, tudo é tão real e profundo que fica mais fácil você se entregar a história. Mas acho que isso também é graças ao Nathan. Ele é o tipo de narrador que deixa a história melhor ainda. Sabe o tipo de protagonista revoltado, perdido e completamente interessante? É ele. Tudo em sua vida é uma droga e á cada passo que dá no mundo mágico para conseguir se tornar um bruxo de verdade faz seu coração bater mais rápido.

Os vilões também são surpreendentes, são os próprios bruxos da luz os piores. O livro pode até dizer que tem uns elementos distópicos, pelo modo cruel e autoritário que o concelho age. No final você não verá muita diferença entre luz e trevas.

A história acabou em um certo ponto que pode ir para vários caminhos diferentes. Não importa qual Sally decida ir, eu estarei lá para ler.

Confira o book trailer abaixo:

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=UIcpalOypmo]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Half Bad, de Sally Green 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.