Resenha: Insígnia - Catalisador, S.J. Kincaid 3
Resenhas

Resenha: Insígnia – Catalisador, S.J. Kincaid

Você foi além de tudo que podia imaginar, mas o mundo ainda está para ver do que você é capaz.

Chegamos ao final da trilogia Insígnia, e posso dizer com todas as certezas que esse foi um dos melhores finais que já li. S.J. Kincaid nos entregou muito mais do que uma simples história sobre jovens tomando o controle dos seus destinos e mudando o mundo. Não. Ela nos mostrou uma série de ideias e reflexões sobre o mundo que fará muitos deixarem o conforto do que estão fazendo para pensar sobre coisas que sempre estiveram na nossa frente, mas nunca prestaram atenção.

Isso é o que eu mais amei nessa trilogia, o realismo e a sutileza colados de uma maneira tão original, com personagens tão humanos, que você encontraria andando na rua.

Tom cresceu muito. Ele não é mais aquele menino irritado que não sabeia ouvir os outros, ta bom que ele ainda tem dificuldade em abaixar a cabeça, mas sua força é o que movimenta seu grupo e causa grandes efeitos no mundo. Ele sofreu mais do que todos os seus amigos juntos e conseguiu se erguer no final para um último ataque.

Tudo foi muito maior e além do que eu esperava.  O plano de Vengerov, o contra-ataque de nossos heróis. Tudo causou uma grande mudança no mundo e agora estamos além do impossível

Vou sentir saudade dessa trilogia, ela foi de longe uma das melhores. São poucas essas histórias que conseguem ir além dos seus sonhos mais loucos e te mostrar um mundo onde cada direção é só o começo de algo muito maior

Termino com uma saudação para Blackburn. O melhor personagem da trilogia.

CCu9xKkVEAAebfi

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Insígnia - Catalisador, S.J. Kincaid 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply