Resenha: Irresistivelmente Fatal, de Marcio Scheibler 5
Resenhas

Resenha: Irresistivelmente Fatal, de Marcio Scheibler

Resenha: Irresistivelmente Fatal, de Marcio Scheibler 6
 
 
 
 
 
 
 
Título: Irresistivelmente Fatal
Autor: Marcio Scheibler
Páginas: 168
Editora: Zum
Resenha por: Becca
Selo Brasileiro

 
 
 
 
 

 

 
Sinopse:  Uma festa. Uma linda mulher. Sexo. E por fim, sangue. O jovem Leandro Biavatti pertencia a uma família rica e sempre estava acompanhado e belas mulheres. Evitava envolvimento sério com qualquer uma delas, pois sempre achava que estavam com ele apenas por interesse financeiro.

Mas uma noite de êxtase na vida dele torna-se macabra pois sua vida termina ali, em sua própria cama. Um crime misterioso, depravado e assustador. Seu melhor amigo, Rodrigo, aciona eu tio detetive, Otávio Medeiros, para tentar resolver esse caso enigmático.

Ao longo da trama, acontecimentos e informações incríveis surgem e uma história fantástica vem à tona. Aliando erotismo e mistério, Irresistivelmente Fatal relata sentimentos e atitudes muito presentes em nosso cotidiano, de um ponto de vista trágico e racional.

__________
 
Genial. Horripilante. Sexy e Terrível. Alguns adjetivos que se contrastam entre si, mas essas palavras resumem o livro que é viciante, mas que como muitos livros poderia ser melhor trabalhado.
Em suas breves 168 páginas, Marcio nos conta uma história policial intrigante e envolvente, quando você começa é difícil de parar, uma trama regada de mistérios, festas, sexo e sangue inocente, uma trama ótima que poderia ser incrível.
 
O personagem principal da vez é uma grande incógnita, é difícil de defini-lo porque a história é narrada de vários pontos de vista, não sei se o foco é Leandro, Rodrigo (o que eu acho mais provável) ou Otávio, mas mesmo com tantas mudanças de pontos de vista a leitura é leve e muito rápida, mas como no livro de Darlan “Por favor, não deixem a dor regressar”, os diálogos têm um padrão muito certinho, talvez até formal, que não combinam com a época da história.
 
Há mistérios intrigantes no livro, me peguei várias vezes tentando descobrir as coisas, e sempre chegava a uma resposta que considerava ser óbvia de mais, mas que no fim se mostrava certa. E é aqui que fica a parte ruim. O mistério da trama poderia ser melhor trabalhado para nos fazer desconfiar de pessoas que não são culpadas e no final nos surpreendermos com o real acusado, aquela coisa bem romance policial, que aqui, ficou em falta.
 
“ Mas o estranho estava por vir. Exatamente ás quatro horas a imagem desapareceu. Um pano fora colocado sobre a câmera tapando-lhe a lente em um movimento de cima para baixo. Ação humana sem sombra de dúvida . Sobre o tecido, quase imperceptível , havia a incrição “NINFAS”. Ás quatro horas e cinco minutos o pano foi retirado e a imagem voltou”
 
Algo que ando encontrando em muitas obras e não somente as brasileiras, é que os autores parecem estar com pressa para terminarem suas histórias, e acabam deixando fatos pela metade, e a não ser que os livros tenham uma continuação é algo horrível para acontecer, pois deixam o leitor com uma grande interrogação … “É isso?”, “Esse é final?”, “Mas e aquilo? E ela? Como fica?”, são interrogações que colocando na balança acabam irritando, porque dão uma sensação de falta, de algo inacabado.
 
Sou a favor nos finais intrigantes, mas há uma diferença entre finais que nos deixam ansiosos e finais que nos deixam irritados por não terem uma conclusão.
 
 A capa do livro é misteriosa, interessante e muito linda. Mostra a essência da história e nos deixam curiosos para ler o livro, mas a verdade seja dita, o livro é bem menor do que pensei, chega a ser menor que muitas versões de bolso, o que causou um desconforto ao manusear o livro para a leitura e a diagramação é muito pequena e junta, o que causa um pouco de incômodo para as vistas. O livro poderia ser maior em tudo, o que seria bom, pois chamaria mais atenção para a linda arte da capa.
 
Confesso que não esperava tanto desse livro, ele me surpreendeu, apesar de ter capacidade para ser melhor ainda é muito bom, com certeza recomendo. E fico feliz por estar me surpreendendo cada vez mais os autores brasileiros, existem autores muito bons que precisam ser reconhecidos.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Irresistivelmente Fatal, de Marcio Scheibler 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

3 Comments

  1. Obrigado pela resenha do meu livro…=D

  2. Definitely composed content material material , thankyou for data . 854668

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.