Título: Irresistivelmente Fatal
Autor: Marcio Scheibler
Páginas: 168
Editora: Zum
Resenha por: Becca
Selo Brasileiro

 
 
 
 
 

 

 
Sinopse:  Uma festa. Uma linda mulher. Sexo. E por fim, sangue. O jovem Leandro Biavatti pertencia a uma família rica e sempre estava acompanhado e belas mulheres. Evitava envolvimento sério com qualquer uma delas, pois sempre achava que estavam com ele apenas por interesse financeiro.

Mas uma noite de êxtase na vida dele torna-se macabra pois sua vida termina ali, em sua própria cama. Um crime misterioso, depravado e assustador. Seu melhor amigo, Rodrigo, aciona eu tio detetive, Otávio Medeiros, para tentar resolver esse caso enigmático.



» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Ao longo da trama, acontecimentos e informações incríveis surgem e uma história fantástica vem à tona. Aliando erotismo e mistério, Irresistivelmente Fatal relata sentimentos e atitudes muito presentes em nosso cotidiano, de um ponto de vista trágico e racional.

__________
 
Genial. Horripilante. Sexy e Terrível. Alguns adjetivos que se contrastam entre si, mas essas palavras resumem o livro que é viciante, mas que como muitos livros poderia ser melhor trabalhado.
Em suas breves 168 páginas, Marcio nos conta uma história policial intrigante e envolvente, quando você começa é difícil de parar, uma trama regada de mistérios, festas, sexo e sangue inocente, uma trama ótima que poderia ser incrível.
 
O personagem principal da vez é uma grande incógnita, é difícil de defini-lo porque a história é narrada de vários pontos de vista, não sei se o foco é Leandro, Rodrigo (o que eu acho mais provável) ou Otávio, mas mesmo com tantas mudanças de pontos de vista a leitura é leve e muito rápida, mas como no livro de Darlan “Por favor, não deixem a dor regressar”, os diálogos têm um padrão muito certinho, talvez até formal, que não combinam com a época da história.
 
Há mistérios intrigantes no livro, me peguei várias vezes tentando descobrir as coisas, e sempre chegava a uma resposta que considerava ser óbvia de mais, mas que no fim se mostrava certa. E é aqui que fica a parte ruim. O mistério da trama poderia ser melhor trabalhado para nos fazer desconfiar de pessoas que não são culpadas e no final nos surpreendermos com o real acusado, aquela coisa bem romance policial, que aqui, ficou em falta.
 
“ Mas o estranho estava por vir. Exatamente ás quatro horas a imagem desapareceu. Um pano fora colocado sobre a câmera tapando-lhe a lente em um movimento de cima para baixo. Ação humana sem sombra de dúvida . Sobre o tecido, quase imperceptível , havia a incrição “NINFAS”. Ás quatro horas e cinco minutos o pano foi retirado e a imagem voltou”
 
Algo que ando encontrando em muitas obras e não somente as brasileiras, é que os autores parecem estar com pressa para terminarem suas histórias, e acabam deixando fatos pela metade, e a não ser que os livros tenham uma continuação é algo horrível para acontecer, pois deixam o leitor com uma grande interrogação … “É isso?”, “Esse é final?”, “Mas e aquilo? E ela? Como fica?”, são interrogações que colocando na balança acabam irritando, porque dão uma sensação de falta, de algo inacabado.
 
Sou a favor nos finais intrigantes, mas há uma diferença entre finais que nos deixam ansiosos e finais que nos deixam irritados por não terem uma conclusão.
 
 A capa do livro é misteriosa, interessante e muito linda. Mostra a essência da história e nos deixam curiosos para ler o livro, mas a verdade seja dita, o livro é bem menor do que pensei, chega a ser menor que muitas versões de bolso, o que causou um desconforto ao manusear o livro para a leitura e a diagramação é muito pequena e junta, o que causa um pouco de incômodo para as vistas. O livro poderia ser maior em tudo, o que seria bom, pois chamaria mais atenção para a linda arte da capa.
 
Confesso que não esperava tanto desse livro, ele me surpreendeu, apesar de ter capacidade para ser melhor ainda é muito bom, com certeza recomendo. E fico feliz por estar me surpreendendo cada vez mais os autores brasileiros, existem autores muito bons que precisam ser reconhecidos.

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos