Ladrões de elite
Autora
: Ally Carter
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Mais informações: Skoob

 

 

 

 

"Quando tinha 5 anos, Katarina Bishop distraiu os guardas da Torre de Londres para que o pai pudesse roubá-la. Aos 7, ela ouviu o tio Eddie planejar a interceptação de 80% do caviar do planeta. Quando fez 15 anos, Katarina armou um golpe por conta própria – um esquema para entrar no melhor colégio interno dos Estados Unidos e deixar para trás os negócios da família. Só que trocar de 'ramo' e ter uma vida normal acabou sendo mais difícil do que Kat esperava.

Hale, seu amigo charmoso, bilionário e antigo comparsa, logo aparece para levá-la de volta à realidade que ela havia se esforçado tanto para fugir. Mas é por um bom motivo: uma inestimável coleção de arte de um temido mafioso foi roubada e ele quer recuperá-la, custe o que custar. Somente um mestre do crime poderia ter realizado essa proeza e o pai de Kat é o único suspeito, embora insista em negar qualquer envolvimento. Encurralado entre a Interpol e um inimigo assustador, ele precisa da ajuda da filha.
Para Kat, só existe uma saída: encontrar os quadros e roubá-los de volta. Não importa se parece impossível, se ela não tem pistas do ladrão e se o prazo é de apenas duas semanas. Com uma equipe de adolescentes talentosos e uma mãozinha da sorte, Kat está determinada a realizar o maior golpe da história da família e provar que jamais a abandonou.

Basta fingir bem para tornar qualquer coisa realidade.

Olá Leitores do Burn Book. Hoje vos escrevo sobre o lançamento da Editora Arqueiro. O livro Ladrões de Elite da Ally Carter. Quando anunciaram o lançamento desse livro, ativou o meu “senso de curiosidade ao máximo” e eu tinha que saber mais sobre ele. Pra variar, o livro ia demorar um pouco para sair no Brasil, e não achei em inglês pra comprar, ou seja, tive que esperar pelo lançamento, mas não me arrependi nem um pouco. 
 
Ally Carter nos leva para uma atmosfera até então inexplorada por mim, o glamuroso mundo dos ladrões. Katarina Bishop, uma garota atraente, misteriosa e astuta como uma legítima herdeira de uma longa linhagem de ladrões de arte, e de roubos elaborados que entraram para a história. 
 
Criada no mundo dos crimes sofisticados, Kat está acostumada com a “vida bandida”. Uma prova disso, é que ela ajudou o seu pai em um roubo já aos três anos de idade. Como parte do grupo dos “Ladrões de Elite” durante toda a sua vida, ela viajou pelo mundo inteiro com os pais, participando direta ou indiretamente de seus ‘roubos’. 
 
 
*Impossivel não associar o “Kat” á Katniss Everdeen minha DIVA suprema de Hunger Games.

Cansada dessa vida de mudar de “casa” a cada novo serviço, Katarina resolve mudar de vida, e entra num famoso internato Americano. Por alguns meses, ela consegue levar a vida de uma adolescente normal, começando do zero, sem a fama de ladra, e tentava passar desapercebida aos olhos dos outros estudantes. Mas quando o carro do diretor amanhece na fonte principal do internato, Kat é a principal suspeita, pois as câmeras do circuito interno flagraram uma menina da mesma estatura de Kat, vestindo um casaco e um capuz preto, o que acaba resultando em sua expulsão do internato. Mas ela não imaginava que tudo isso foi um armação de seu amigo Hale, que tirou ela do internato para dar uma noticia que obrigaria ela a voltar a vida bandida: Seu pai foi acusado de roubar 5 dos quadros mais valiosos do mundo. 

 
Kat começa aos poucos descobrir, e ao ser contatada pelo Sr. Tacone, grande mafioso que era dono desses quadros, ele acusa seu pai de ter roubado os quadros de sua coleção, mas Kat faz de tudo para tentar provar a inocência dele, e chegam a um acordo que Kat tem duas semanas para recuperar as 5 telas perdidas. 
 
Só que ninguém sabe o paradeiro destes quadros, e a família de Kat está abalada por ela ter abandonado o "negócio da familia", e e Kat, além de descobrir onde os quadros estão, precisa roubá-los novamente para salvar a vida de seu pai. 

 

A partir dai ela reúne boa parte dos seus amigos, e forma uma equipe de “Ladrões de Elite” para planejar um roubo monumental, que nenhum ladrão no mundo conseguiu executar e muito menos tentou devido a dificuldade, e é melhor eu parar por aqui, antes que estrague toda a magia e o mistério criado pela autora durante o livro.
 


Kat é uma personagem muito complexa, com apenas 15 anos ela já participou de vários roubos monumentais, fala 4 línguas, é ágil, esperta, viaja pelo mundo sem enfrentar obstáculos, e tem várias identidades, o que garantem a ela o anonimato caso seja localizada em algum de seus serviços. É determinada a arriscar tudo pelos seus ideais e provar que apesar da sua idade, está a altura dos ladrões de elite mais velhos e famosos do mundo.
 

Outro personagem bastante explorado no livro é W.W. Hale, ou somente Hale para os íntimos, filho de uma tradicional e riquíssima família americana. Ele vive a vida do modo que lhe convêm, e mesmo sendo podre de rico, prefere se envolver no mundo dos Ladrões de Elite para viver uma aventura, roubando dos mais famosos e badalados museus e coleções particulares existentes, e é ele que tira Kat do colégio interno, e ajuda ela a formar a equipe Ladrões para recuperar as obras.
 

– Acho que já situei todo mundo, menos você.

– Ah. – Hale deu um sorriso forçado. – É simples… Eu sou o cara que por acaso estava em casa na noite em que Kat veio roubar um Monet.

Claro que não podia faltar um “triangulo amoroso” na história, mas nada meloso e que venha a atrapalhar a leitura, tornando-a maçante levando o leitor a entrar em depressão para viver um romance do tipo. (Bjs pro tio Sparks)
 

A narrativa do livro passa dos personagens principais para um narrador onisciente em determinados momentos da história, achei interessante este modo, pois assim a autora conseguiu fazer com que o leitor mergulhe de cabeça na cena do livro, entendendo a trama de diversos “ângulos”. O desenvolvimento da trama é perfeito, é um livro para ler em apenas um dia, pelas suas 240 paginas, passam num ritmo impressionante, e só demorei pra ler, pois estava em semana de provas, o que impossibilitou a leitura continua de Ladrões de elite.
 

A Diagramação é muito bem feita, a tradução impecável tanto que não achei nenhum erro de digitação, concordância ou falha na tradução que estamos acostumados a ver por ai, parabéns a Editora Arqueiro pelo trabalho perfeito nesse livro. No decorrer do livro, temos páginas diferenciadas, informando a localização dos personagens e quantos dias faltam para o prazo final do serviço, achei muito interessante essa jogada da autora e também pela editora ter mantido essa característica na edição nacional.

Ação do início ao fim. Recomendo a todos que gostam de um bom livro, e que gostam do estilo de filmes de “Onze Homens e um Segredo”. Todo o desenvolvimento do roubo, do planejamento a execução do mesmo me lembrou um pouco o filme, mas só pela temática de um grande roubo, não pela autora ter plagiado a história.

"LADRÕES DE ELITE” foi lançado dia primeiro de junho aqui no Brasil, já nos EUA, o segundo volume da série, denominado “UNCOMMON CRIMINALS” vai chegar as prateleiras americanas em 21 de junho.

 

 
 


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

 

 

 

 

Deixe sua opinião aqui :)