Resenha: Losing Hope, de Colleen Hoover

17340050

 


 

 

 

Losing Hope

Autor: Colleen Hoover

Editora: Atria Books

Número de páginas: 245

Classificação: 5 estrelas

 

 

 

 

 

"DANEM-SE AS PRIMEIRAS VEZES, SKY. 
A ÚNICA COISA QUE IMPORTA PRA MIM, COM VOCÊ, 
É O PARA SEMPRE."

 

Sinopse: 

Em Hopeless, Sky não deixou nenhum segredo encoberto; nenhum sentimento escondido, e nenhuma memória esquecida, mas o passado de Holder permaneceu um mistério.
Ainda assombrado pela garotinha que ele deixou ir embora, Holder passou a vida toda procurando por ela, tentando se livrar da imensa culpa que sentiu por anos. Mas ele não poderia pensar que, no momento do reencontro, um remorse ainda maior viria sobre ele…

Às vezes, na vida, se temos o desejo de seguir em frente, precisamos entrar de cabeça no passado e acertar algumas coisas. Em Losing Hope, Colleen Hoover revela o que se passava na cabeça de Holder, durante todos aqueles momentos desesperadores – e se ele conseguirá alcançar a paz que tanto precisa.

 

Resenha:

Este é um dos meus livros preferidos, e com esta releitura pude me apaixonar novamente pela história de Holder e de Sky.

Para quem acha que este é apenas mais um POV de um outro personagem, e tem um certo preconceito com esse tipo de livro, pois acha que acaba, de certa maneira, estragando a hstória do primeiro livro, bom ….VOCÊ ESTÁ COMPLETAMENTE ENGANADO! Sim, este livro apresenta a versão do Holder do primeiro livro, mais é muito mais que apenas seu ponto de vistaé também sua história antes de encontrar Hope.

É impossível não entrar de cabeça nesse livro e viver na pele tudo o que se passa com Sky e Holder. A escrita de Colleen não permite outra coisa. Com cenas fortes, cheias de emoção e com um romance nem um pouco água com açúcar, Hoover faz com que seu coração bata freneticamente durante cada página. O livro apresenta, na grande maioria, capítulos curtos, apesar de conter alguns capítulos maiores. O ritmo da leitura é rápido e muito gostoso de ler.

O que fez Colleen se transformar a escritora no top dos tops da minha lista de autores favoritos, foi o fato de ela escrever um livro recontando uma história, e ainda assim fazer com que ela fique melhor. Aqui você conhece outros personagens, e conhece profundamente a vida de Dean Holder. Um garoto que acredita ser uma decepção, por viver deixando todos que ama na mão. Um rapaz de 18 anos, que vive assombrado pelo fantasma de uma garotinha que ele deixou chorando sozinha, nos degraus de sua casa.

O livro conta como Holder perdeu sua esperança ao assistir Hope sendo tirada da sua vida, de uma maneira que destruiu sua infância e a de sua irmã. Durante o livro, você vê como ele amadurece e como as feridas de seu passado, embora continuem lá, começam a cicatrizar. Losing Hope é a história de como o amor de duas crianças pode ser extremamente forte, ao ponto de nunca ser esquecido, mesmo que a vida tente apagá-lo.

Como eu já disse na resenha de Hopeless, esta história é uma lição de vida. É daquele tipo que, uma vez lida, nunca mais sairá do seu coração. Holder e Sky são personagens tão reais, que continuarão vivos em sua memória para sempre.

Se você consegue ler em Inglês, leia! Ninguém pode deixar de ler esse livro. Se você já leu, releia! Esta história vale a pena ser relida e relida e relida. Mas se você não consegue, não se preocupe, a Editora Galera Record, que lançou Métrica e Pausa, livros da mesma autora, aqui no Brasil, anunciou que irá publicar o primeiro livro da série ainda este ano. Então, é só ter um pouquinho de paciência.

Quando postei a resenha de Hopeless, criei uma playlist. E bom, a única coisa que fiz foi acrescentar mais duas músicas a ela, e você pode conferir aqui. As músicas são: Edge of Desire, do John Mayer, Tell Me A Story e Home do Phillip Phillips, e This I Promise You, do ‘N Sync.

E agora um teaser, para dar o gostinho do que te espera ao abrir este livro:

"Eu sei que você está brava comigo," eu digo, passando a mão por seu pescoço. "Eu preciso que você esteja brava comigo, Sky, mas eu acho que preciso, ainda mais, que você me queria aqui com você".
Seus olhos continuam fixos nos meus e ela acena com a cabeça. Enconsto minha testa na dela e tomo sua face em minhas mãos, e ela faz o mesmo comigo.
"Estou brava com você, Holder", diz ela. "Mas, não importa o quão brava eu tenha ficado, nem por um segundo eu parei de querer você aqui comigo."
Suas palavras me deixaram sem ar, ao mesmo tempo que me fizeram respirar seu ar. Ela me quer aqui e esse é o sentimento mais incrível do mundo.
"Jesus, Sky. Eu senti tanto a sua falta." Eu sinto como se ela fosse minha salvação e, se eu não beijá-la imediatamente, morrerei.

Resenha escrita por Raquel Braido – Burn Book ©

Confira a resenha de Hopeless aqui.

Leia Mais
Confira o resultado da promoção “Extras”, de Scott Westerfeld”.