Morte e Vida de Charlie St Cloud
Autor: Ben Sherwood
Editora: Novo Conceito
Páginas: 296
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Um coração dividido entre dois mundos. Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É neste mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a assim para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás – e a descoberta que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nossos corações.

Eu acredito em Milagres

 

Morte e Vida de Charlie St Cloud é uma história emocionante, cheia de ensinamentos e reflexões que te fazem realmente pensar que tudo na vida tem um proposito, e se realmente existe vida após a morte.

Charlie St Cloud é um adolescente normal de 15 anos, que vive na pacata cidade costeira Marblehead. Sua vida tinha tudo para dar certo, pois mesmo no Ensino médio, se sobressaia perante a turma, e tudo indicava que ele teria uma carreira brilhante.

Até que no dia 20 de setembro de 1991, Charlie decide pegar o carro de sua vizinha “emprestado” e levar Sam seu irmão caçula, para assistir a um jogo de Beisebol. Tudo estava bem, até que na volta, por um descuido de Charlie, eles sofrem um terrível acidente, que acabaria com a vida de Sam e alteraria totalmente o curso da sua vida de Charlie.

Charlie fica entre a vida e a morte, e antes de ser reanimado, faz uma promessa a Sam de que nunca o deixaria sozinho, e depois de ser “reanimado”, Charlie é abençoado com o dom de ver e falar com os mortos, almas que estão na transição entre o mundo dos vivos e o paraíso, aquelas que ainda não aceitaram sua real existência, e estão se acostumando com a ideia partir para outra etapa da vida.

Ele se sente culpado com a morte do irmão, deixando tudo para trás,para trabalhar como zelador no cemitério de Marblehead. Todo os dias, ao por do sol, os irmãos St. Cloud se encontravam na clareira da floresta do cemitério para uma partida de Beisebol. Durante 13 anos, a rotina de Charlie foi a mesma, como zelador do cemitério, ele não tinha uma vida social, e além das tarefas comuns ao zelador, ainda consolava as almas das pessoas recém chegadas ao cemitério para tentar ajuda-las a compreender seu atual estado, e partir em paz para o outro lado da “linha” entre os dois mundos.

Tudo mudou quando Charlie conhece a jovem Tess, dona de uma empresa de fabricação de velas, e aos 26 anos estava planejando uma viagem solo ao redor do mundo a bordo de seu veleiro chamado Querência (que é citado diversas vezes no livro, e vale a pena a definição, que é uma expressão espanhola, relativa a touradas, significa “local seguro”). Antes de conhecer Charlie, Tess se preparava para a realização de sua viagem, e em seu ultimo treino, é atingida por uma grande tempestade em alto mais, e assim acaba entrando para a vida de Charlie St. Cloud.


A Narrativa é muito simples, Ben Sherwood acertou alternando as passagens do livro entre Charlie e Tess, tornando a leitura rápida e nem um pouco cansativa, pois os capítulos são curtos e surpreendem o leitor com as revira voltas da historia.

O Enredo é criado cuidadosamente, e estruturado para passar a mensagem de que os laços de amizade são tão forte que podem durar além da vida. Charlie é um personagem único, que por sinal foi muito bem interpretado por Zac Efron no Cinema. No decorrer da historia, várias mensagens de apoio e ensinamentos de vida são passados ao leitor, e nos fazem acreditar que milagres realmente existem.

A diagramação é muito bem feita, pra quem está acostumado com livros da Editora Novo Conceito vai saber do que estou falando, a capa da nova edição é feita com o pôster do filme, outra marca registrada da Editora que vem conquistando o mercado nacional, e surpreendendo com seus lançamentos que vão ocupar boa parte das estantes de leitores aficionados por romance.

Eu gostei muito do livro, e recomendo pra qualquer tipo de leitor, pois inovar sempre é bom, e tenho certeza que você não vai se arrepender de ler Morte e Vida de Charlie St. Cloud.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

 

 
– Sobre o Autor: 
 
 
Ben Sherwood é um escritor consagrado e campeão de vendas, um jornalista premiado que trabalhou como produtor executivo do programa Good Morning America da rede ABC. Ele é produtor do noticiário NBC Nightly News. Seu livro The Man Who Ate the 747 esteve na lista dos mais vendidos do New York Times, e está sendo adaptado para uma produção musical na Broadway e para o cinema. O primeiro livro de não ficção de Sherwood, O clube dos sobreviventes: Os segredos e a ciência que podem salvar a sua vida, se tornou campeão de vendas instantaneamente e foi publicado mundialmente. Formado nas faculdades de Harvard e Oxford, ele mora em Los Angeles com sua esposa e dois filhos.
 
 Outras Capas:
 
 
 
 
 

Deixe sua opinião aqui :)

Sem mais artigos