Uma nova distopia para ficar de olho

Número 44 é o livro de estreia da auto Julia Giarola Andrade, uma distopia que me lembra um pouco as distopias do passado, que focavam mais nas emoções dos personagens do que em eventos fantásticos e grandiosos.

Na história somos introduzidos ao Número 44, um jovem que acaba se entregando a um programa que refaz seu corpo e mente para que possa viver outras vidas. Essa com certeza é uma ideia que mexe com a imaginação de um leitor. Se você pudesse ser outra pessoa quem gostaria de ser? Eu vi nosso protagonista se tornando todo o tipo de homem possível: o mais cafajeste, o mais perturbado, o que escondia seus desejos e até aquele que queria atenção das mulheres mais velhas.

Focar nas relações humanas e na complexidade das ações irracionais que todos nós passamos, dá um ar mais humano a história, que passa grande parte em corredores e quartos de paredes brancas. O tom de mistério também é um ponto a favor, já que adoro me ver em situações em que tenho que descobrir o que está acontecendo. Acho que esse aspecto pode conquistar os fãs de Maze Runner.

Meu problema principal foi o número limitado de páginas, embora isso faz da história uma leitura mais rápida e dinâmica, também dá pouco espaço para aprofundar a vida dos personagens, e olha que Julia tem uma ótima narrativa. Uma que eu gostaria numa história maior.


» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

No entanto, eu recomendo Número 44 para aqueles que querem uma distopia diferente do convencional. A Rouxinol Editora está fazendo mesmo um ótimo trabalho em descobrir novos autores nacionais.


Capa 80
Narrativa 85
Enredo 75
Personagens 75
Nota dos Leitores:3 Votes98
79

Deixe sua opinião aqui :)

No more articles