Resenha: O manual da Garota Geek, de Sam Maggs 16

Resenha: O manual da Garota Geek, de Sam Maggs


Eu sei que ontem foi o Dia da toalha e do Orgulho Nerd, mas ainda no espírito Nerd, hoje a resenha vai ser mais que especial. Como essa é a minha primeira resenha aqui no Blog, escolhi um livro que recebemos da Única Editora e que eu amei muito, “O Manual da Garota Geek”.

O nome já resume o livro, ele é realmente um manual para a garota geek, logo ele não é um livro com uma história. Ele é ideal para as meninas que são geeks, para quem quer virar uma geek maravilhosa e para os meninotes que querem entender a nossa cabeça. Segue a frase introdutória sobre o livro:



02_pausa

Atenção, humanos! Embora este livro se chame O manual da garota geek você não precisa ser alguém que se identifica com o gênero feminino para apreciá-lo! Se você se considera um [garoto] geek, então este livro também é para você. (E, se ainda não se considera, dê uma folheada nele mesmo assim… Você pode acabar se convertendo.) Uma de nós! Uma de nós!”

Logo após essa mensagem, o manual segue com alguns tipos de garotas Geeks, eu, obviamente, me encaixei em quase todos. Em cada “Fandom” ela dava uma breve descrição separando por “Nome do Fandom”, “Características definidoras”, “Principais acessórios”, “Como se tornar uma” e “Debates intermináveis”. Vou colocar a seguir, uma foto dos fandons que eu mais amo, mas vale falar que o livro menciona quase todos. <3

05_hp

Ele segue mostrando o nosso “Idioma geeks”, como: “Shippar“, “Spoiler” e até mesmo os nossos surtos do tipo: “Adeus, ovários”, “Meus sentimentos” e por ai vai.

04_conve

Uma parte que eu simplesmente amei é “Como sobreviver em convenções“. No meu tempo, as convenções eram os famosos eventos de anime e os de RPG e aprendia me virando com a ajuda dos meus amigos. Mas, se eu tivesse um manual desses naquela época, teria evitado muitas coisas, e a principal é: fazer um cronograma! Sério! Pode parecer ridículo, mas ir em nesses eventos é saber que muita coisa vai rolar e algumas delas com horários próximos e até ao mesmo tempo. Lá, a autora falar para fazer realmente um cronograma e como chegar em cada sala e stand, assim você não perde a atividade. Não cabe nos dedos, a quantidade de palestras que cheguei atrasada e perdi pela minha falta de planejamento. Ah, nessa parte também tem uma lista com os principais eventos que acontecem durante o ano.

01_entre

Entre algumas partes, a autora fez entrevistas com várias Geeks, entre elas, autoras, donas de fandons, editora de revistas, roterista da Marvel (OMG) e atrizes.

02_feminismo

“Ser uma garota hoje em dia é muito mais legal do que antigamente. Além disso, mais mulheres têm se tornado forças reconhecidas na indústria geek que tanto amamos, por isso é tão, tão importante apoiar outras mulheres. Dê uma olhada neste capítulo, apoie todas as garotas e venha sentar-se conosco, amiga”

Encerro a resenha com a melhor parte do manual, O PODER FEMININO. Essa parte fala o quanto o feminismo está sendo incluído cada vez mais no mundo geek, com personagens FORTES, DESTEMIDAS E MARAVILHOSAS. Nessas páginas, você vai encontrar uma lista com mulheres divas, um glossário com jargões,  mitos sobre o feminismo e algumas críticas. (Marvel, estamos de olho! rs)

“Agora, voe com as próprias asas, sua geek feminista recém-formada! Para o alto e avante para construir o futuro!”

O livro é recheado de coisas muito divertidas e engraçadas. Lógico que eu não falei tudo, então COMPREM! Além de ser muito fofo, ele é todo azul e tem uma capa linda, vai deixar a sua estante bem fofa!


Resenha: O manual da Garota Geek, de Sam Maggs 17

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Resenha: O manual da Garota Geek, de Sam Maggs 27
Narcos: 1º Temporada | Crítica da Série