Resenha: O Mensageiro, Lois Lowry 3
Resenhas

Resenha: O Mensageiro, Lois Lowry

Até mesmo os lugares mais honestos e caridosos podem ser corrompidos

O terceiro volume da série de livros que começou com O Doador de Memórias chega as livrarias, dessa vez reunindo de uma vez por todas os arcos das últimas histórias. Eu tenho que admitir que estava um pouco ansioso por isso. Em A Escolhida, segundo livro da série, não tivemos nenhuma menção ao destino de Jonas e de Gabe ou o que teria acontecido com o lugar que os garotos vieram. Lois Lowry preferiu focar na comunidade de Kira.

Bem, as perguntas foram respondidas nesse terceiro volume. Dessa vez seguimos Matty, o destemido amigo de Kira, que está vivendo no Vilarejo a sius anos e é a úncia pessoa que pode atravessar seguramente a vasta floresta que separa as comunidades. Quando as pessoas de sua pacata, e perfeita, sociedade começam a mudar e a floresta começa a ficar mais densa, Matty se vê obrigado a fazer uma última travessia para salvar sua amiga.

Mais uma vez eu me impressiono com a narrativa de Lois. Ela é um tipo de autora que gosta de conduzir suas histórias de uma maneira bem leve, deixando que as ideias que ela propôs falem mais por si mesmas.

A ideia de colocar Matty como protagonista foi fantástica. Diferente de Jonas e Kira, os narradores dos dois primeiros volumes, ele é bem mais aventureiro e cabeça dura. Dos três ele é o mais diferente e isso ajudou a deixar a narrativa mais dinâmica e vermos as coisas numa perspectiva um pouco diferente. Matty já havia nos conquistado em A Escolhida, mas é aqui em O Mensageiro que somos levados com tudo pelo espirito aventureiro do garoto e percebemos como nos importamos com ele

Infelizmente, o livro foi rápido demais. Geralmente eu sempre encaro isso como um elogio, mas nesse caso a autora simplesmente nos deu um gostinho de toda a jornada de Matty para logo depois nos tirar. Enquanto estava chegando ao final, não conseguia entender como esse livro poderia terminar. Gostaria que Lois tivesse dedicado mais páginas nesse mundo, quem sabe deixado Matty explorar outras comunidades.

No final, O Mensageiro é uma ótima pedida. Ele consegue superar sem muita dificuldade seu antecessor, embora tenha dificuldade para se aproximar do primeiro da série. Fãs dessa série, como eu, vão querer demais que o próximo livro chegue.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: O Mensageiro, Lois Lowry 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.