Resenha: Pax - O Cajado da Maldição, Asa Larsson e Ingela Korsell 3
Resenhas

Resenha: Pax – O Cajado da Maldição, Asa Larsson e Ingela Korsell

Uma aventura divertidamente sombria.

Sabe aqueles tipos de livros suaves e gostosinhos de ler? O Cajado da Maldição é um deles. Simples e divertido, seguimos os irmãos Alrick e Viggo enquanto as autoras nós introduzindo a uma pequena cidade alemã. Um lugar que os dois garotos são forçados a ir depois que sua mãe perde a condição de cuidar deles. A cidade não parece grande coisa, mas esconde grandes segredos.

Eu me diverti lendo o livro, não precisei mais do que dois dias para terminar a primeira aventura dos irmãos. Ele é bem pequeno e tem poucas páginas, mas isso não diminui a história. Na verdade, esse foi um dos motivos que eu gostei. A história é apenas um pedaço do que realmente está acontecendo na cidade e as autoras brincaram com fabulas da região para sentirmos um gostinho bom.

Acho que é isso que eu posso dizer desse primeiro livro. Ele é uma pequena aventura para nos introduzirmos nesse mundo e eu consigo imaginar muitas aventuras por aí, enquanto os irmãos aprendem mais com Estrid e Magnar ( eu sei os nomes são estranhos, é que são alemães).

Eu recomendaria essa série a todos que querem apenas sentar, relaxar e relembrar um pouco aquelas coisas assustadoras que pensávamos que aconteciam quando eramos crianças.  

PAX 6 (1)

PAX 7

E que venha o segundo livro.

pax 2_synk.indd

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Pax - O Cajado da Maldição, Asa Larsson e Ingela Korsell 4







Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.