Resenha: Pegasus e o Fogo do Olimpo, de Kate O’Hearn

 



 

 

 
 
 
Pegasus e o Fogo do Olimpo
 
Autora: Kate O’Hearn
Número de Páginas: 288
Editora: Leya
 

 

 

 

 

Quando Pegasus, o majestoso e mitológico cavalo alado, é atingido por um raio e cai em seu terraço durante uma violenta tempestade que deixa Nova York no escuro, a vida da jovem Emily transforma-se em uma lenda. Buscando ajuda para tratar os graves ferimentos de Pegasus, Emily recorre ao garoto estranho da escola, Joel. Trabalhando juntos, eles rapidamente descobrem que o cavalo alado tem mais do que ferimentos da tempestade.

Não jugue o livro pela capa? Quem disse isso estava completamente enganado. Pegasus e o Fogo do Olimpo quebra essa teoria, a capa é tão linda e impressionante quando a história em si. 
 
Kate O’Hearn segue os passos de Rick Riordan e da uma aula de mitologia grega, o próprio deu uma declaração na capa do livro que me deixou mais ansioso ainda para ler este livro, tio Rick disse: " Os fãs de mitologia grega encontrarão muita paixão em Pegasus e o Fogo do Olimpo. Kate O Hearn narra uma vencedora mistura entre aventura moderna fantasia clássica". 
 
É um prato cheio pra quem é fã de Percy Jackson, e apresenta outra visão dos Deuses e de outros seres mitológicos nem tão explorados como o Pegasus. Comparando com PJ, em Pegasus e o Fogo do Olimpo temos uma visão mais adulta da mitologia, mesmo tendo toda a fantasia em si, Pegasus não fala que nem o Black Jack, ele expressa seus sentimentos por movimentos e ações como os cavalos normais. 
 
Assim como Percy Jackson, a história se passa nos tempos atuais e na cidade de Nova York, porém os heróis desta vez não são semideuses e a história envolve Pegasus (ou Pégaso) que segundo a mitologia grega, nasceu do sangue da Medusa após ser decapitada por Perseu. Desde que viu a luz, voou para a morada dos imortais, o Olimpo, onde foi domado por Atena, que ofereceu o cavalo alado ao herói grego Belerofonte, para que combatesse a Quimera (monstro de duas cabeças). 
 
Com ele, Belerofonte tentou aproximar-se do Olimpo, mas Zeus fez com que Pégasus corcoveasse, provocando a queda do cavaleiro, que morreu. Transformado em constelação, o cavalo passou desde então ao serviço de Zeus. 
 
Durante uma forte tempostade, Pegasus é atingido por um raio e cai no terraço do Prédio de Emily, uma garota determinada e que se mostra uma caixinha de surpresas a cada capitulo do livro. 
 
Sem saber o que fazer com aquela criatura mítica ferida em sua casa, ela procura Joel, um estranho garoto de sua escola. Juntos eles cuidam do cavalo e descobrem, através das marcas que ele carrega uma guerra que acontece contra o Olimpo. 
 
Eles embarcam em uma aventura para salvar o Olimpo dos Ninrads e consequentemente salvando nosso mundo da devastação de monstros até então desconhecidos. 
 
Emily é uma garota determinada a enfrentar qualquer coisa por quem ama e para atingir seus ideais não vê barreiras em seu caminho. Sua vida muda totalmente quando Pegs ( para os íntimos) cai no terraço de seu prédio, ela cria um elo de amor e amizade com o ele. Pegs estava muito machucado, e com a ajuda de Joel, um garoto estranho de seu escola, Emily ajuda Pegs a se recuperar e eles começam a viver uma aventura cheia de mistérios, envolvendo seres mitológicos, deuses e um único objetivo: Salvar o Olimpo. 
 
A narrativa é ótima, me prendeu do começo ao fim, tornando o livro gostoso de ler, o que me fez passar horas na madrugada lendo para saber o desfecho e o que aconteceria com Pegs. 
 
Kate O’Hearn acertou em cheio na escolha do ambiente e desenvolvimento da história, podendo ser comparada facilmente com Percy Jackson ( mesmo eu achando PJ melhor) não deixa nada a desejar ao Tio Rick. 
 
Pegasus e o Fogo do Olimpo tem grandes chances de ser o best seller do ano, e ser uma saga de sucesso. Gostaria de agradecer a editora Leya por comprar os direitos de publicação da Saga, e faço um apelo para que não demorem muito para traduzir a continuação Pegasus e a Luta por Olimpo prevista para 07/07/2011 nos EUA e sem previsões para ser lançada no Brasil.
 
Recomendo a todos que gostam de uma boa história, mitologia grega e de conhecer novos autores até então anônimos no Brasil.
 
 
 
 
 

 




» Siga o Burn Book no Facebook Instagram e no Twitter e receba todas novidades dos livros, filmes e séries! «

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Jacob Tremblay será Auggie Pullman na adaptação de “Extraordinário”