Resenha: Quatro - Histórias da Série Divergente, Veronica Roth 3
Resenhas

Resenha: Quatro – Histórias da Série Divergente, Veronica Roth

Nesse livro, Veronica nos faz lembrar porque amamos tanto esse personagem.

Se você é como eu e ficou sem paciência com Tobias em Covergente, esse livros trás de volta o garoto forte que nos fez pensar que poderíamos superar todos os medos. Se a autora o tivesse mantido assim até o final, ao invés de um reclamam chato, o livro teria sido muito melhor. Até não reclamaria se toda a saga tivesse sido contada no seu ponto de vista.

Nessas histórias vemos o começo da vida de Tobias, antes dele se tornar Quatro, quando o que ele queria era ser livre do seu pai opressor e acabou escolhendo a Audácia, onde se tornou uma lenda. O crescimento do personagem é muito bem colocado e você consegue sentir cada momento do seu desenvolvimento, das suas amizades e dos perigos que se coloca.

O livro termina com uma parte de Divergente contada em seu ponto de vista. Adorei vê-ló investigando Jeanine Matthews e Max, mas não gostei muito de sua interação com a Tris. Depois de ficar todo esse tempo na mente dele, você percebe que o Quatro fica mais interessante sem interesse romântico. Eu não sei. Talvez tenha sido apenas eu. Mas foi bom voltar a gostar desse herói.

Confira o trailer de Insurgente que estreia dia 19 de março nos cinemas brasileiros:

[[youtube http://www.youtube.com/watch?v=VT5jA8z-a-4]]

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Quatro - Histórias da Série Divergente, Veronica Roth 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.