Resenha: Unidos Somos Um, Pittacus Lore 6
Resenhas

Resenha: Unidos Somos Um, Pittacus Lore

Um final digno para uma grande série de livros

Os Legados de Lorien evoluiu muito desde Eu Sou o Número Quatro, o livro que deu inicio a jornada de John Smith e do resto dos jovens membros da Garde, e eu nunca pensei que essa série de livros pudesse evoluir de um jeito que me prendesse a cada página, mas foi isso que aconteceu.

É em Unidos Somos Um que Pittacus Lore (James Frey e Jobie Hughes) nos entrega a batalha final dos Lorianos contra os Morgadorianos. Com Setrákus Ra quase destruído pelo ataca da Seis, e John perdendo a vontade de viver pela morte de Sarah, somos jogados em mais uma narrativa eletrizante e com muita ação do começo ao fim. Eu disse a mim mesmo que não devia ler tão rápido, mas depois que você começa o livro é difícil larga-lo.

Agora que John descobriu que possui o Ximic, um legado que o permite copiar todos os legados, ele está mais mortal do que nunca. A arma mais poderosa que a humanidade poderia ter. Depois de tudo que nosso herói passou não parecia mais que eu estava lidando com o mesmo garotinho que se apaixonou em Paradise. Agora ele se tornou um líder. O simbolo de resistência contra os Morgadorianos e eu não poderia pedir um protagonista melhor. Na verdade, não podia pedir por personagens melhores que vão me deixar com muita saudade.

Essa jornada valeu cada momento.  

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Resenha: Unidos Somos Um, Pittacus Lore 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Resenhas

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.