Burn Cine: Argo 5
Sem categoria

Burn Cine: Argo

Olá leitores e amigos do Burn Book. Aqui iremos nos encontrar toda semana para falar sobre um filme. Estaremos noticiando sobre dicas de filmes, estreias, opiniões e muito mais. Esperamos que curtam essa coluna e que participem. Vamos buscar o melhor do entretenimento para vocês.
 
Então vamos nessa, prepare sua pipoca, seja ela de milho ou arroz (no meu caso 😀 ) e vamos nos aventurar, nos emocionar e aprender com esse mundo magnifico e magico que é o cinema. Sejam todos bem vindos.
 

Burn Cine: Argo 6

Por Danny Resende
 
Opinião: É um filme muito complexo para explicar. No filme ocorrem gêneros distintos como a comédia, policial, drama e suspense. Além disso, existem filmes dentro do filme, ficções dentro da ficção, e uma responsabilidade com a memória americana, pois o filme ilustra fatos reais. Por isso Argo, é uma obra de grandes pretensões. Rica em detalhes, produção e não foi atoa que foi o GRANDE vencedor do Globo de Ouro e Oscar do ano.
 
O filme começa com uma animação que parece melancólica demais, mas o que geralmente é utilizado em filmes políticos. São apresentadas as situações políticas dos Estados Unidos e do Irã no final dos anos 1970, com um tom particularmente crítico ao intervencionismo americano. E então segue uma primeira cena, surpreendente, da invasão de uma embaixada.
 
O espectador é posicionado dentro do prédio, junto dos embaixadores apavorados. Uma cena espetacular que já te prende ao filme e sua fantástica evolução. Surge então a ideia improvável de resgatar os prisioneiros fazendo-os passar por profissionais de cinema, em plena produção um filme. Com bom humor e uma ironia mordaz, um especialista da CIA. E no filme você consegue vê a separação entre o real e sua representação em imagens, o final nos créditos do filme os personagens da história são colocados lado a lado com verdadeiras imagens de arquivo, para que o espectador perceba justamente a proximidade nas imagens, mas também a distância inevitável criada pela ficção.
 
O Diretor Bem Affleck vai além: ele compara a política com a representação cinematográfica, fazendo desta falsa e grotesca ficção científica um espelho do próprio filme. E foi essa ousadia e inovação que o levou as premiações e o reconhecimento como Diretor.
 
O filme é dotado de cenas surpreendentes e inteligentes, capaz de mostrar uma mesma cena com dois discursos distintos, e Argo passa do bom roteiro à técnica eficaz, das atuações impecáveis ao olhar crítico à política, e brilhantes atores. Argo representa o que a indústria americana consegue produzir de melhor nos dias de hoje.
 
E com toda ousadia e inovação ele ganha o Oscar de maneira a apresentar a todos que essa é a nova tendência no mundo cinematográfico. Parabéns a todos envolvidos nessa grande produção. E quem ainda não viu eu super-recomendo, e se possível que leiam o livro antes, o livro já é surpreendente e com ele você verá que Ben Affleck se superou em retratar tão bem a história e que surpreendeu ainda mais a maneira tão eficaz em traduzir cenas tão importantes.
 
EU aplaudi mesmo quando li o livro, quando vi o filme e quando merecidamente foi vencedor dos maiores prêmios para o cinema. Parabéns Bem Affleck.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Burn Cine: Argo 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

15 Comments

  1. Vou dizer a verdade, até a premiação do Oscar nunca tinha ouvido nada sobre este filme (meu favorito era As aventuras de Pi), mas os comentários posteriores mostram que sem dúvida nenhuma Argo foi merecidíssimo. Um comentário me deixou particularmente curioso "O espectador é posicionado dentro do prédio, junto dos embaixadores apavorados." o filme segue inteiro desta forma?

    1. Oi Cello não, apenas essa cena. O que foi extraordinário. Vale a pena conferi. Obrigada pelo seu comentário.

  2. Como o @CelloGames eu também não tinha ouvido falar desse filme antes de assistir ao Oscar e meu preferido era As aventuras de PI kkk . Mas de tanto falarem e depois desse post , vou dar um jeito de ver esse filme com certeza . Parece ser realmente muito digno de ter ganhado o Oscar.

    1. Jéssica o filme é muito bom, mas quem não está acostumado com filmes políticos deve estranhar, e tenha calma com o inicio, é um pouco chato, mas depois o filme fica extraordinário. Obrigada pelo seu comentário.

      1. Pois é, imaginei que o começo fosse assim mesmo , mas de qualquer forma vou dar um jeito de assistir (:

  3. Geralmente não curto filmes q ganham o oscar, mas pelo que vc falou esse parece ser muito bom!!

    bjs

    1. Marinna…na verdade os filmes que ganham o Oscar, são apenas filmes que nos mostram a tendência para os novos filmes que serão produzidos, como estilo, tecnologia..e nem sempre agrada a todos mesmo. Mas confira, vale a pena. Obrigada pelo seu comentário.

  4. Desde que esse filme ganhou todos aqueles prêmios, inclusive o mais importante mo Oscar eu fiquei muuuito curiosa pra saber mais sobre ele, e seu post explica bem sobre ele, eu não tinha nenhuma noção dele e agora sei que ele vale com certeza muito ser visto e apreciado, essa mistura de gêneros me agrada bastante!

    1. Sabrina. obrigada pelo seu comentário. Assista mesmo e depois nos fale o que achou. bjo

  5. Só fiquei sabendo desse filme no Oscar mesmo, porque aqui na minha cidade ele não entrou em cartaz.
    De cara não é um filme que me interesse, mas preciso ver o trailer antes.
    Beijos!

    1. Suzanna..espero que tenha oportunidade de assistir e depois nos dê sua opinião. Obrigada pelo seu comentário. bjo, bjo

  6. Eu adorei o filme e achei que teve merecidamente seu espaço no Oscar…
    Adoro filmes de ação !

    1. Que bom que gostou. Suh Pimentel..obrigada por seu comentário. bjo

  7. Mais uma que ficou sabendo através do Oscar, gostei do que li no seu post, com certeza vou assistir, algumas coisas que escreveu me deixou curiosa como"existem filmes dentro do filme, ficções dentro da ficção, e uma responsabilidade com a memória americana, pois o filme ilustra fatos reais. ".

    1. Gizeli..obrigada por seu comentário…Assista mesmo e volte aqui e nos diz o que achou tá. bjo, bjo

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.