Especial: Os autores mais bem pagos 5
Sem categoria

Especial: Os autores mais bem pagos

Olá, leitores do Burn Book. A Forbes, revista de negócios e economia americana, divulgou a lista dos escritores mais bem pagos do mundo dos últimos doze meses. E.L. James, autora de 50 Tons de Cinza, lidera o ranking com 95 milhões de dólares. James, ex-executiva de TV, ultrapassou nomes habituais da lista, como James Patterson, Danielle Steel e Stephen King.

Especial: Os autores mais bem pagos 6

Veja a lista dos 16 autores mais bem pagos:

1. E.L. James – US$ 95 milhões
2. James Patterson (O dia da caça) – US$ 91 milhões
3. Suzanne Collins (Jogos vorazes) – US$ 55 milhões
4. Bill O’Reilly (Os últimos dias de Kennedy) – US$ 28 milhões
5. Danielle Steel (O baile) – US$ 26 milhões
6. Jeff Kinney (Diário de um banana) – US$ 24 milhões
7. Janet Evanovich (Um dinheiro nada fácil) – US$ 24 milhões
8. Nora Roberts (Visão mortal) – US$ 23 milhões
9. Dan Brown (O código da Vinci) – US$ 22 milhões
10. Stephen King (Jogo perigoso) – US$ 20 milhões
11. Dean Koontz (O bom sujeito) – US$ 20 milhões
12. John Grisham (O dossiê pelicano) – US$ 18 milhões
13. David Baldacci (Traição em família) – US$ 15 milhões
14. Rick Riordan (Percy Jackson & Os olimpianos) – US$ 14 milhões
15. J.K. Rowling (Harry Potter) – US$ 13 milhões
16. George R.R. Martin (As crônicas de gelo e fogo) – US$ 12 milhões

Fonte

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Os autores mais bem pagos 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.