Especial: Os melhores livros infantis. 7
Sem categoria

Especial: Os melhores livros infantis.

Cristiane Rogerio e Marina Vidigal, na Revista Época
 
Especial: Os melhores livros infantis. 8
(Foto: Gabriel Rinaldi/Crescer) 
 

Chegar à livraria e escolher um título infantil diante de centenas de opções é um desafio para adultos e crianças. É uma boa hora para as famílias estimularem as crianças a fazer suas escolhas – orientando quando for preciso. Há sete anos, a revista Crescer, da Editora Globo (que publica ÉPOCA), oferece uma ajuda fundamental: a eleição dos 30 Melhores Livros Infantis do Ano.

Todo ano, o trabalho começa no mês de março, quando a equipe inicia uma votação com 42 pessoas, entre educadores, críticos literários, donos de escola e coordenadores de bibliotecas. Cada um envia uma lista com seus 15 títulos preferidos lançados em 2011. A partir daí, a redação dá seu aval para uma relação de obras para crianças de até 8 anos. Ela engloba os melhores lançamentos. Varia o tipo de história e ilustrações, entre obras brasileiras e estrangeiras.

Neste ano, a revista criou o Troféu Monteiro Lobato de Literatura Infantil, uma parceria entre a Editora Globo e a família Monteiro Lobato. O objetivo é apontar um escritor ou ilustrador brasileiro que tenha se destacado na área de publicações infantis. O escolhido foi o artista plástico Fernando Vilela, um dos mais importantes nomes da literatura infantil do Brasil, autor de 15 livros e ilustrador de mais de 50. O homenageado recebeu o troféu das mãos da trineta de Monteiro Lobato, Fernanda, de 13 anos. O tema do mais novo livro de Vilela, Os heróis do tsunami, é a compaixão. O livro trata o assunto com delicadeza ao contar a história dos animais que escaparam ao se refugiar em lugares distantes muito antes de a grande onda chegar. Vilela já participara da seleção de Crescer com Lampião e Lancelote (2006) e Olemac e Melô (2007). Selecionamos cinco dos 30 livros da lista, que está na edição de junho da revista Crescer.

Especial: Os melhores livros infantis. 9

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Os melhores livros infantis. 10


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

5 Comments

  1. "O alfabeto perigoso" é lindo, as ilustrações ótimas!
    My recent post A GAROTA QUE PERSEGUIU A LUA (Sarah Addison Allen)

  2. Infelizmente a minha família não me incentivou a ler livros com frequência, a não ser os que a escola pedia. Não me recordo de livros que marcaram minha infância, mas hoje sou viciada em leitura, acho que é uma ótima maneira de viajar, conhecer coisas e pessoas novas, enfim, ler é tudo de bom, e eu vou incentivar meus filhos a lerem desde pequenos!!

    Xoxo http://amigadaleitora.blogspot.com.br/
    My recent post 8 Motivos para não emprestar os livros – Fica dica #04

  3. Eu gosto muito de livros infantis, foi com eles que aprendi a ter esse vicio tão delicioso, agora passo para meus filhos e sempre me pego lendo antes mesmo deles, leio todos que trazem da escola.
    Estou fazendo por eles o que meu pai fez por mim.
    Cristiane de oliveira

  4. meu filho vai ter que gostar de livros igual a mãe *-*
    vou ensinar desda barriga rs

    ;**

  5. Bom, como não conheço nenhum dos livros listados, não posso opinar sobre eles mas achei muito legal a iniciativa da revista tanto por incentivar a leitura desde cedo quanto por homenagear os autores brasileiros e lhes dar um reconhecimento que, infelizmente, não costuma ocorrer devido o fato da maioria dos pais acabarem optando por títulos internacionais que vem de desenhos, filmes e derivados e que já são conhecidos pelas crianças.

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.