Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost 6
Sem categoria

Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost

Publicado no Administradores

Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost 7

Imagine se o Moby Dick, a baleia da obra de Herman Melville, estivesse encalhado na ilha de Lost. Ou o Pequeno Príncipe fosse baleado por um soldado em meio ao cenário do Call Of Duty. Ou até mesmo um pássaro do Angry Birds atingisse Dom Quixote de La Mancha, um dos protagonistas da obra de Miguel De Cervantes Saavedra.

Essa foi a insinuação e a campanha da Associação de Editores de Madrid, na Espanha, para mostrar como jogar videogame em demasia, usar smartphone e assistir seriados exageradamente podem atrapalhar o consumo de livros. A criativa campanha, que mostra os livros clássicos sendo “exterminados” pelos hábitos dos usuários, teve como objetivo falar sobre a importância dos livros. “Quanto mais ocupado assistindo séries, menos você lê”. Veja, abaixo, outras imagens da campanha (Crédito das fotos: divulgação).

Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost 8
 
Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost 9

O que você achou da iniciativa?

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Pequeno Principe, Dom Quixote e Moby Dick sao atacados por Call Of Duty, Angry Bird e Lost 10


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

3 Comments

  1. Achei hilário!!!! Tadinha da Moby Dick! =O

    Bjs!!
    My recent post Chez le Libraire : Comment je suis devenu stupide, de Martin Page

  2. Achei muito interessante as imagens, mostra para o público a importância de ainda continuar lendo livros. Uma vez eu li uma blogueira dizendo que ela era uma dinossaura por ainda ler livros, e não e-books. E concordo com ela, ainda sou um dinossaura, ou até mesmo uma mulher das cavernas se é para comparar com antiguidade!!!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.