Especial: Uma maquina de trocar livros. 5
Sem categoria

Especial: Uma maquina de trocar livros.

Foi instalada ontem na Praça da República, no centro, uma maquina que troca livros gratuitamente. Basta apertar um botão. A ação faz parte do Projeto Entre no Clima da Bienal, da Câmara Brasileira do Livro (CBL). O objetivo é estimular a população a visitar a 22.ª Bienal, que começa dia 9.

Especial: Uma maquina de trocar livros. 6
 

Batizada de Incrível Máquina de Livros, a máquina – uma van colorida montada especificamente para a ação – troca de livros usados por novos ou seminovos. O processo consiste em levar um livro em bom estado, pegar uma senha, depositá-lo em uma gaveta e apertar o botão. Após um barulho de "engenhoca", da gaveta acima sai um novo título. Os livros disponíveis são doados pelos parceiros e editoras que participarão da Bienal deste ano. Cada um doou cerca de 300 obras para o projeto.

16 livros. Ontem, primeiro dia da ação, 80 pessoas retiraram senha e aguardaram sua vez de apertar o botão. Entre elas estava o comerciante Márcio Bernistock, de 43 anos, que trabalha e mora na região. Na caminhada ao escritório, ele ficou curioso para saber o motivo da fila na frente da van. Após saber do que se tratava, voltou para casa e pegou 16 livros na estante. Ele trocou livros sobre plantas brasileiras, entre outros, e recebeu da máquina obras de Gabriel Garcia Marques, Nietzsche e estudo sobre poesias de cordel.

A boa qualidade dos livros foi o que mais chamou sua atenção. "Não são muito antigos. Achei a iniciativa muito boa", ressaltou. A estudante de Biologia Tabata Junqueira, de 32, também aprovou a ideia. Segundo ela, "por meio dos livros é que conhecemos outros mundos".

Se a pessoa não gostar do livro, pode pegar outra senha e retirar outro livro. São 2.800 senhas por dia.

A van fica na República até domingo.

 

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Especial: Uma maquina de trocar livros. 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

6 Comments

  1. Eu achei a iniciativa bem legal e, se der, pretendo ir para São Paulo para trocar alguns.

    1. Depois que reparei a data. Infelizmente não poderei trocar os meus livros =/

  2. Adorei a idéia, espero que faça muito sucesso pois essa iniciativa é muito interessante e importante para os leitores ou futuros leitores brasileiros.

  3. Nossa, que legal! 😀
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

  4. Super legal a ideia! Pena que eu não sou de SP =/
    Beijos!

  5. Uma iniciativa muito boa que deveria se repetir em outras cidades, mesmo fora da época de alguma feira de livros. Além do mais eu vi uma reportagem na TV mostrando pessoas que aproveitaram a ocasião e trocaram livros entre si no local, muito legal mesmo!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.