Guia de Sobrevivência do Escritor #1 3
Sem categoria

Guia de Sobrevivência do Escritor #1

Desde que me entendo por gente, quero ser escritora. Acho que é o sonho mais antigo que eu tenho, e enquanto outros surgiram, foram embora e se transformaram, esse permaneceu o mesmo. Gosto de contar histórias desde criança, e alimentei essa ambição desde muito cedo. A emoção que senti ao ver meu nome na capa de um livro impresso é uma coisa que nada conseguiu superar até agora.

tumblr_inline_mnja6iuzEj1qz4rgp

Por sempre ter tido esse sonho, precisei trilhar meu próprio caminho. Não, não vou gastar esse post contando pra vocês sobre as peripécias e as lutas, não vou falar sobre como foi sofrível e às vezes quis desistir. Porque, quer saber, que se dane, né? Águas passadas e tudo mais. Não é pra isso que vocês vieram aqui. Vocês estão aqui para desfrutar da minha enorme experiência e da minha super inteligência no ramo literário.

X5XMEbp
*coral*

Que pena. Eu sugiro que você dê meia volta e feche essa janela.

Quando fui convidada pelo Gui Cepeda a começar essa coluna de SOS a novos autores, a primeira coisa que pensei foi: “tem muita gente que precisa de ajuda”. E não estou menosprezando não – todo mundo precisa. Deus sabe o quanto eu queria que alguém tivesse me colocado na trilha certa de vez em quando. porque na boa, essa coisa de erro e acerto às vezes enche o saco da pessoa. Mas ao mesmo tempo, não vou realmente “ensinar” ninguém, porque escrever e viver de escrita não são uma coisas que podem ser ensinadas. Eu posso falar mil coisas aqui, e você pode ler, e no final talvez você siga um caminho totalmente diferente e se dê muito bem, obrigado. Então qual é o propósito?

O propósito, meus queridos(as), é trocar ideias. Dar opções. Sugestões. Quem sabe te dar um apoio quando você estiver se sentindo pra baixo. O objetivo de tudo isso é ajudar no que eu puder, porque isso é tudo que eu posso fazer. O resto é com você e o seu livro.

writing-is-hard-gif

Então daqui pra frente, toda semana vou tentar trazer pra vocês algo que eu considere bacana. E você pode (me) ajudar também, enviando suas sugestões de pauta e perguntas aqui nos comentários. Vou falar sobre coisas que podem nos ajudar ao escrever e sobre métodos legais de publicar e divulgar e sobre deus sabe o que mais vier à cabeça. Afinal, essa coluna é tão vasta quanto a escrita em si; tudo é tema, tudo pode e tudo é bem-vindo. Sem limites criativos, este é o meu lema.

Vejo vocês na semana que vem!

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Guia de Sobrevivência do Escritor #1 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

Leave a reply