Nova série alemã “Dogs of Berlin” tem estreia marcada na Netflix para 2018 3
Sem categoria

Nova série alemã “Dogs of Berlin” tem estreia marcada na Netflix para 2018

A Netflix anunciou para 2018 o lançamento de “Dogs of Berlin”, mais uma série original da gigante do entretenimento. Essa é a segunda produção do catálogo de seriados feita na Alemanha com exclusividade para os usuários do serviço de streaming. O renomado cineasta alemão Christian Alvart (“Caso 39” e “Pandorum”) assina a produção e direção da série.

A saga com 10 episódios tem assinatura do renomado cineasta alemão Christian Alvart (“Caso 39” e “Pandorum”), tanto na produção quanto na direção. A história mostra o dia a dia de dois policiais parceiros no trabalho mas com uma vida de ideologias opostas. Um dos agentes é de Berlim Oriental e o outro veio da Turquia. Apesar das rivalidades pessoais, eles são obrigados a agir em conjunto investigando o submundo do crime nas ruas de Berlim, onde grupos terroristas neo-nazistas dominam a máfia do jogo e das drogas. Neste contexto, os dois policiais acabam entrando em conflito com suas próprias fraquezas e questionando qual o lado da lei se enquadrariam melhor.

O vice-presidente de conteúdo local original da Netflix, Erik Barmack, disse em entrevista: – “Dogs of Berlin” é uma história realista, emocionante e muito atual. Christian Alvart é um excelente contador de histórias e provou seu talento para a realização de espectaculares thrillers aqui e em Hollywood. Estamos ansiosos para garantir o nosso segundo Netflix original que será escrito, filmado e produzido inteiramente na Alemanha”.

“Desenvolver uma série de 10 episódios que combina uma forma inovadora de contar histórias com personagens complexas e únicas é, para mim, enquanto autor e realizador, extraordinariamente empolgante. Há muito que queria contar a história de Dogs of Berlin e mal posso esperar para lhes dar vida com a equipa criativa da Netflix. Não poderia ter arranjado melhor casa para este projeto”, declarou o cineasta Christian Alvart sobre sua parceria com a Netflix. Alvart é aclamado pela crítica alemã por filmes que transportam os espectadores para os conflitos íntimos dos personagens. Seu nome ganhou fama na década de 1970 quando dirigiu a série “Tatort”, um dos maiores sucessos da TV alemã.

A primeira série original da Netflix produzida na Alemanha foi “Dark”, um thriller do diretor suíço Baran Bo Odar, que deverá chegar ao serviço de streaming ainda em dezembro deste ano. Também com 10 episódios na primeira temporada, a história gira em torno de um garoto desaparecido. Esta série sela o acordo de US$ 1,5 bilhão que a plataforma fez com a Alemanha e outros países europeus para suas produções, incluindo filmes e programas de TV para distribuição mundial. De fato, quem assina a Netflix atualmente tem à disposição um vasto conteúdo europeu com filmes e séries de qualidade, originários de países como a Inglaterra, França, Espanha, Irlanda, entre outros. Os lançamentos não param de acontecer e este serviço de TV por internet parece não ter nem Hollywood como limite, pois está fazendo com que a própria indústria cinematográfica norte-americana repense na sua maneira de disponibilizar filmes ao público.

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


Nova série alemã “Dogs of Berlin” tem estreia marcada na Netflix para 2018 4


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Sem categoria

Leave a reply