Arrow S04x15: Taken | Crítica da Série 19

Arrow S04x15: Taken | Crítica da Série

Hora de colocar magia contra contra magia.

Eu só tenho uma palavra para descrever esse episódio: Vixen. Muitos de vocês não devem saber, mas a heroína Mari McCabe (Megalyn Echikunwoke) ganhou sua série animada no mesmo universo de Arrow e The Flash no ano passado.  Mesmo com apenas seis episódios bem curtinhos, os produtores acabaram fazendo um grande trabalho e introduziram uma super-heroína ao estilo Jessica Jones.

Agora, ela deixa seu mundo animado e se une com Oliver na busca de seu filho que foi sequestrado por Damien Darhk. Eu não paro de me divertir com cada aparição do vilão. Seu jeito sádico e convencido, estão lhe tornando um dos melhores vilões desse universo compartilhado. Ás vezes parece mais que ele está num palco de teatro, ao invés de dando uma surra em nosso heróis.



arrow-taken-trailer-the-cw-mp4_20160218_070741-729

Mas com a ajuda de Vixen, Damien acabou enfrentando um pouco do seu fogo. Era a magia do vilão que o deixava tão poderoso, e isso também incluía sua força física e habilidade de luta, que faziam dele um monstro.

Correndo contra o tempo, Oliver também teve que lidar com o dilema de ter sido o responsável por colocar William em perigo. Ele acabou sendo confrontado com dois pontos de vista bem distintos, de Vixen e Diggle, sobre o que deveria fazer e não foi fácil sua escolha. Eu podia ver a dor em cada expressão do personagem.

Stephen não é um grande ator, mas acho que ele faz o necessário para o personagem. Não consigo imaginar ninguém mais como o Arqueiro Verde, e foi tão emocionante vê-lo lutando de igual a igual com Damien. Ele pode mostrar quem era o melhor lutador da cidade.

Depois desse episódio não me imponho mais se a Vixen ganhar seu próprio live-action na CW. Eu queria muito que eles investissem em John Constantine, mas acho que estamos querendo demais. John talvez nunca mais volte a série e Vixen é uma boa opção.

Acho que a única coisa que prejudicou mesmo o episódio, além das cenas de luta mal feitas, foi Felicity. Eu estou começando a perder a paciência com a personagem, não só pelo fato de ela se curar de uma maneira tão rápida e sem sentido, mas pelo modo como ela está agindo. Oliver não teve escolhe, seu filho foi sequestrado, e ela só consegue pensar em si mesma.

Os produtores prometeram diminuir o drama e não conseguiram. Não ligo mais se eles não ficarem juntos. Se continuar assim, não vou ligar se ela morrer.

arrow-taken-trailer-the-cw-mp4_20160218_070728-466

Como The Flash, Arrow retorna em março com novos episódios.

Confira o promo de Arrow 4×16 “Broken Hearts”:

 [[youtube https://www.youtube.com/watch?v=2gSOaa1_7xE]]

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
Arrow S04x15: Taken | Crítica da Série 29
MIS realiza “Mostra Tilda Swinton” em homenagem ao Dia Internacional da Mulher