3 motivos para você acompanhar Os 13 porquês, a nova série do Netflix 5
Séries e TvEntretenimentoNetflix

3 motivos para você acompanhar Os 13 porquês, a nova série do Netflix

Produzida pela cantora e atriz Selena Gomez e dirigida por Tom McCarthy (Spotlight: Segredos Revelados), a série Os 13 Porquês chega a plataforma do Netflix no próximo dia 31 de março.

3 motivos para você acompanhar Os 13 porquês, a nova série do Netflix 6
Na história, baseada em um livro de mesmo nome e publicado no Brasil pela Editora Ática, Clay Jensen é um jovem que, ao voltar da escola, encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por sua colega Hannah Baker, que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, Hannah explica haver treze motivos que a levaram à decisão de se matar, sendo que Clay é um deles. Agora, se vê motivado e curioso para ir até o fim e descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

https://www.youtube.com/watch?v=yB5JQr8jw7w%20

Bom, nesse sentido, trago 3 motivos para que a história de Hannah e Clay seja conhecida. Já faz alguns anos que realizei a leitura, que me marcou profundamente. Quando o trailer foi divulgado, todas aquelas sensações que me invadiram naquele período retornaram com tudo.

1. A história segue uma linha em que estamos acostumados, narrando o cotidiano de um colégio, mas traz em sua essência um quê de mistério que faz toda a diferença e que traz reflexões próprias a esse universo adolescente. Acompanhar Clay e Hannah numa jornada de autodescobrimento faz com que o leitor se depare com situações improváveis e se choque com elas.

2. Um fator preponderante é o fato de que a narrativa é entremeada pelos dois pontos de vista. Ao mesmo tempo em que temos Clay no presente, encontrando as fitas e saindo em busca de respostas, temos a narração da própria Hannah que nos conta, por meio das fitas, momentos de sua vida e vai mostrando, aos poucos, os motivos que a levaram a causar suicídio. O próprio fato de serem fitas cassetes é algo a se chamar a atenção. Em entrevista contida na edição do livro, o autor comenta que teve inspiração para a história numa visita a um museu, onde a pessoa levava um gravador de fita e parado diante de cada objeto em exibição, apertava o play e descrevia o que estava olhando e toda a sensação que estava tendo.

3. E não menos importante, destaco as temáticas em torno da história. Como comentei anteriormente, a história criada por Jay Asher foge do habitual ao tratar de assuntos que são recorrentes ao universo adolescente, mas muitas vezes não são trabalhadas em outros livros. O suicídio é um assunto forte, mas aqui nesse caso o autor consegue dar outra conotação a ele. Da mesma maneira que cria uma tensão pelo que vai ser descoberto, o autor faz uma reflexão sobre o suicídio. Aliado a isso, o próprio bullying. São temas que precisam ser discutidos e pensados, porque afinal eles existem.

Contando com o elenco Katherine Langford, que interpretará a personagem principal Hannah Baker (este será o primeiro trabalho televisivo da australiana), Dylan Minnette (que atuou em Goosebumps – Monstros e Arrepios) como Clay, amigo de Hannah, Kate Walsh (Grey’s Anatomy) – como a mãe de Hannah – Derek Luke (Capitão América: O Primeiro Vingador) – como Mr. Porter – Alisha Boe (Atividade Paranormal 4), Justin Prentice (Awkward), Devin Druid (Mais Forte que Bombas), dentre outros, a história promete abalar estruturas e deixar os usuários em êxtase (algo que o Netflix sabe fazer muito bem, não é mesmo?)

A expectativa para a estreia da série é grande e acredito que não será por menos. A produção promete algo fiel a história que fará você refletir sobre o seu cotidiano e as suas escolhas.

*Encontrou algum erro na matéria? Avise-nos

Ouça o último episódio do BurnCast:

Você pode ouvir BurnCast no Burn Book, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, na Amazon Music ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o BurnCast, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar.


3 motivos para você acompanhar Os 13 porquês, a nova série do Netflix 7


Guilherme Cepeda
Guilherme Cepeda é podcaster, blogueiro e escritor. Pós-Graduado em Marketing e apaixonado por tecnologia e literatura desde sempre, em 2010 resolveu criar um blog para compartilhar sua opinião com os amigos. Jamais imaginaria que o projeto chegaria tão longe, tornando-se hoje o Burn Book, um dos maiores portais de literatura jovem do Brasil. Escreveu em co-autoria os livros da série Minha Vida, e em seu trabalho mais recente, já pela Editora Burn Books, publicou o conto “Estarei em Casa para o Natal” na antologia que leva o mesmo nome, também foi publicado em outras antologias pelas Editoras Wish, Villa-Lobos e Rouxinol. Guilherme é co-criador do Podcast “BurnCast”, o qual é responsável pela edição, pós-produção e roteiro há mais de um ano.

Você pode gostar de:

Mais Posts em:Séries e Tv

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.